O agachamento é um exercício simples e que não necessita de muitos preparos para ser realizados, bastando apenas manter as pernas afastadas, esticar os braços à frente do corpo e agachar até que as coxas fiquem paralelas ao chão.

Apesar de muitas vezes ser considerado apenas como um exercício para fortalecimento da perna, o agachamento trabalha outros músculos além dos da perna e, assim, promove o fortalecimento dos músculos abdominais e das costas, por exemplo.

Publicidade

O agachamento, apesar de simples, é importante que seja feito sob orientação e cuidados de um profissional de educação física para que o movimento possa ser corrigido, caso haja necessidade, e para que exista menor risco de lesões.

1 mês de agachamento antes e depois

1 mês de agachamento antes e depois
1 mês de agachamento antes e depois

Quando pensamos em exercícios para o bumbum, de cara, o agachamento é o primeiro que vem à mente, não é mesmo?

Afinal, eles desenvolvem principalmente a força nos glúteos, isquiotibiais e quadríceps, mas também estimulam hormônios de construção muscular, que fortalecem todo o corpo.

Publicidade

Além disso, esse tipo de exercício é muito benéfico para os quadris e tornozelos, e também contribui para uma melhor postura, flexibilidade e equilíbrio.

Os agachamentos são uma maneira segura e eficaz de melhorar a mobilidade sem sobrecarregar as articulações e podem ser feitos em qualquer lugar e hora.

Para fazer os agachamentos corretamente sem prejudicar a coluna e alcançar todo o benefício que este exercício pode proporcionar é recomendado:

  1. Manter os pés ligeiramente afastados e sempre bem apoiados no chão;
  2. Esticar os braços à frente do corpo;
  3. Manter as costas retas e evitar compensar com o quadril, como é comum acontecer;
  4. Inspirar antes de iniciar o agachamento e soltar o ar enquanto desce;
  5. Descer o suficiente para manter as coxas paralelas ao chão.

Uma boa dica para verificar se o agachamento está sendo realizado corretamente é observar-se em um espelho. O ideal é fazer o exercício de lado para o espelho.

Quando o exercício está sendo feito corretamente, deve-se sentir os músculos abdominais e das coxas trabalhando.

Publicidade

É possível também aumentar a eficiência do agachamento realizando variações do mesmo exercício, trabalhando mais músculos. Conheça outros exercícios de agachamento.

Apesar de ser um exercício que deve ser introduzido na rotina de treinos, o agachamento deve ser feito com cuidado para evitar lesões.

Por isso, no caso de uma pessoa que esteja iniciando a realização de exercícios, é recomendado fazer o agachamento na parede encostado em uma bola de pilates, assim é possível ter maior percepção do movimento.

Além disso, pode-se treinar sentando e levantando de um banco, pois dessa forma também é possível perceber como o movimento deve ser realizado.

Para pessoas iniciantes, a recomendação é que faça 15 agachamentos corretamente, sendo indicado no primeiro dia a realização de 3 séries de 5 agachamentos com intervalo de 1 minuto entre as séries.

À medida que o exercício é praticado, pode-se aumentar o número de agachamentos de forma progressiva, de acordo com a capacidade de pessoa.

É recomendado que os agachamentos sejam feitas 3 vezes por semana e em dias intercalados para que os músculos possam descansar.

É indicado fazer agachamento todo dia?

Mas, apesar dos agachamentos serem ótimos para os glúteos, realizar apenas esse exercício incansavelmente, sem nenhuma variação, depois de um tempo, não fará mais grandes efeitos.

É importante lembrar que somos criaturas de hábitos que, com o tempo, depois de tanto fazer, se tornam fáceis e o corpo acostuma.

Por esse motivo, é muito importante sempre realizar exercícios diferentes, o que será muito mais benéfico para a saúde.

Assim, se você gosta de fazer agachamentos, continue, mas não todos os dias, pois, quando realizamos um treino, causamos pequenos rompimentos nas nossas fibras musculares e o corpo.

No que lhe concerne, constrói moléculas para colocar nas fissuras, aumentando o volume do músculo.

Nesse sentido, os dias de descanso são muito importantes, porque dão tempo aos músculos para se reconstruírem e ficarem maiores e mais fortes. Além disso, realizar repetições diárias podem aumentar o risco de lesão.

Afinal, se você não der o tempo necessário para o organismo descansar, tanto os músculos quanto as articulações podem sofrer as consequências.

Desta forma, assim como outros exercícios, é recomendado que os agachamentos sejam feitos até três vezes por semana e, preferencialmente, em dias intercalados – para que os músculos possam se recuperar.

E se esse exercício é um item indispensável na sua rotina de treinos, variar nos tipos é essencial. Por isso, confira abaixo algumas variações que podem ajudar.

Benefícios do agachamento

O agachamento é um exercício completo, pois envolve vários músculos, incluindo os músculos abdominais, das costas, coxas e glúteos. Dessa forma, os principais benefícios do agachamento são:

  • Fortalecimento dos músculos abdominais e das costas;
  • Fortalecimento e hipertrofia das coxas e dos glúteos;
  • Melhora do condicionamento físico;
  • Diminuição do risco de lesões;
  • Ajuda na perda de peso.

Além disso, os agachamentos melhoram o contorno corporal e ajudam na manutenção da boa postura e podem ser praticados em qualquer ambiente.

Vale a pena fazer o desafio dos 30 dias de agachamento? Ele funciona?

Bom, vamos colocar da seguinte maneira: seja qual for o exercício, se você sair do 0 e passar a fazer, vamos dizer, 30 repetições por dia, durante um mês, sim, você vai obter algum resultado.

Partir do “100% sedentário” para “treinar todos os dias” é, de fato, uma grande mudança no nível de atividade física de uma pessoa. Mas, qual é o seu objetivo de fitness? Será que completar um desafio deste tipo é a forma mais eficiente para você chegar lá?

Conheça aqui algumas alternativas, dependendo do seu objetivo, elas podem funcionar muito melhor do que o desafio dos 30 dias de agachamento:

VOCÊ QUER SER MAIS FIT

Procurando um desafio básico para melhorar o seu nível de atividade física? Se você está completamente fora de forma, veja algumas informações essenciais sobre começar a treinar.

Porque o desafio dos 30 dias de agachamento não é ideal?

  • Agachamentos são incríveis, mas repetir, todos os dias, o mesmo exercício muitas vezes pode aumentar o risco de lesões, principalmente se você não está acostumado a treinar regularmente.
  • Por mais completos que os agachamentos sejam, para entrar em forma, é melhor combinar exercícios que trabalhem a parte superior e a parte inferior do corpo.

Alternativa:

  • Experimente o desafio de 4 semanas para iniciantes. Ele é ideal para fazer em casa, não requer equipamentos.
  • Esse desafio não requer mais tempo do que o desafio dos 30 dias de agachamento. Todos os treinos duram menos de 15 minutos, com ele, você pode construir, em apenas 4 semanas, uma rotina básica e simples para melhorar o seu nível de atividade física.

VOCÊ QUER DEFINIR E FORTALECER OS GLÚTEOS

Você que definir e levantar o bumbum, em casa, sem precisar dos equipamentos da academia?

Porque o desafio dos 30 dias de agachamento não é ideal?

  • Agachamentos trabalham mais os músculos das suas coxas do que os do bumbum.
  • Exercícios que trabalham mais os grupos musculares dos glúteos dão melhores resultados.

Alternativa:

  • Experimente o desafio do bumbum durinho em 4 semanas. Também é ideal para fazer em casa, não requer equipamentos.
  • Esse desafio combina uma série de exercícios que trabalham todos os grupos musculares dos glúteos.
  • Nenhum músculo do bumbum fica de fora, definitivamente, mais eficiente para definir e fortalecer a região do que repetir o mesmo exercício várias vezes todos os dias.