As fraudes envolvendo carteiras de criptomoedas, tem sido muito frequente nos últimos tempos. Os relatos de vítimas desta categoria de ataque tem se intensificado continuamente.

Mas como acontece isto? Bom, os criminosos têm se aproveitado de aplicativos de celular, a medida em que eles criam aplicativos falsos, desta categoria, e até tem registado os seus apps fraudulentos em lojas oficiais (Apple Store, Playstore), como observamos no escândalo da Apple.

Os aplicativos dizem conseguir converter as criptomoedas em outras. Geralmente, o utilizador precisa depositar as suas moedas digitais por lá para então receber o valor equivalente convertido em outra, que são geralmente convertidas a nada.

200 mil tentativas de fraude registadas bloqueadas pela Kaspersky só em 2022

200 mil tentativas de fraude registadas bloqueadas pela Kaspersky só em 2022
200 mil tentativas de fraude registadas bloqueadas pela Kaspersky só em 2022
Ainda neste corrente ano, a Kaspersky registou e bloqueou quase 200 mil tentativas de roubos de criptomoedas e credenciais dos investidores. A empresa registou e bloqueou 50 mil esquemas criminosos para furtar os ativos, só em abril.

Segundo a Tecmundo,  a gigante de segurança cibernética, liberou um relatório onde informa que,  registou também os arquivos maliciosos usam nomes das 20 carteiras mais populares usadas para enganar as vítimas, como Binance (75%), Electrum (10%) e MetaMask (9%).

Dentre vários, métodos de roubar ativos digitais destacam-se:

  • Replicar “websites”  das carteiras de criptomoedas para obter chaves de segurança e frases secretas dos utilizadores;
  • Airdrops (distribuição gratuita de criptomoedas), enviados para carteiras e exchanges;
  • Criação de “malwares”.

Só neste ano, a Kaspersky bloqueou mais de 193 mil tentativas de “phishing” contra investidores e mineradores.

A Kaspersky recomenda alguns métodos para se proteger como;

  • Não fornecer dados individuais a uma organização que te forneça um serviço, não solicitado por ti.
  • Ative a autenticação em duas etapas (2FA) em todas as contas de criptomoeda que você possui;
  • Descarte qualquer “oportunidade” de investimento que exija um pagamento adiantado;
  • Se algo parece bom demais para ser verdade, geralmente é. Trate qualquer esquema de investimento com suspeita.