O procedimento popular de retirada das bolsas de Bichat, conhecido como bichectomia, busca obter maior definição da oval facial, ou seja, o afinamento da face do paciente.

No entanto, existem dois fatores que podem afetar o resultado da bichectomia; o volume de gordura nas bolas de Bichat do paciente e uma porcentagem de gordura corporal saudável.

Se você está pensando em realizar este procedimento, você vai se interessar em conhecer detalhadamente esses fatores.

Os diferentes casos de bichectomia antes e depois, e o tempo que levará para ver os resultados para você poder avaliar com mais informações e fazer o melhor decisão.

Antes e depois da bichectomia

Antes e depois da bichectomia
Antes e depois da bichectomia

Uma das vantagens mais importantes da bichectomia é que ela é bastante simples, rápida e alcança resultados importantes.

Por isso, tornou-se um dos procedimentos estéticos mais populares; uma vez que permite ao paciente obter uma oval facial mais estilizada, realçando as maçãs do rosto e conseguindo uma definição mais natural do queixo sem se submeter a cirurgias invasivas.

Após o procedimento, a maioria dos pacientes poderá ver os resultados da bichectomia antes e depois da segunda e terceira semana; com o passar do tempo, estes começam a ser ainda mais notados, chegando a apreciar a mudança definitiva após seis meses.

Mas cuidado! Como você pode ver nas fotos, alguns pacientes alcançam mudanças surpreendentes e outros mais sutis: por quê? Aqui estão os fatores que influenciam no resultado da bichectomia antes e depois.

Como bem sabemos, a bichectomia é o procedimento em que são retiradas as bolas de Bichat. São bolsas de tecido adiposo que estão localizadas logo abaixo das maçãs do rosto em uma camada profunda do rosto. E seu volume afeta diretamente o resultado final.

No entanto, é curioso saber que suas dimensões mudam de uma pessoa para outra, e isso não pode ser determinado até que a bichectomia seja realizada.

O que são bolas de Bichat?

As bolsas ou bolas de Bichat são dois aglomerados bem definidos de tecido adiposo, localizados na espessura de cada bochecha; imediatamente abaixo das maçãs do rosto e em relação direta com o músculo bucinador.

Estas bolas não têm nenhuma função específica a não ser dar volume à área, podendo ter tamanhos muito diferentes dependendo das características de cada pessoa.

Na infância, esses depósitos de gordura geralmente são maiores, conferindo ao contorno facial o rosto típico de um bebê.

Ao longo dos anos, esse tecido adiposo normalmente começa a diminuir lentamente de tamanho. No entanto, essa diminuição de volume não ocorre da mesma forma em todas as pessoas.

Geralmente em pessoas que possuem contorno facial mais arredondado, bochechas proeminentes e maçãs do rosto mal definidas;

Esses Sacos ou Bolas Bichat não se atrofiaram, resultando em um tamanho muito maior do que o desejado. É para este grupo de doentes que a Bichectomia representa uma boa alternativa que consegue contrariar este fenómeno incómodo.

O que é e quem são os candidatos?

Como dissemos, é uma operação de bochecha minimamente invasiva, para delinear ou afinar o rosto, conseguindo também destacar e definir o rebordo mandibular, dando a sensação de alongamento facial.

Sem dúvida, esse efeito de emagrecimento do rosto não é apenas visual, pois é uma redução efetiva das bochechas.

Agora, quem são os candidatos à Bichectomia?Em geral, a cirurgia de redução de bochecha é indicada para pacientes com essas características:

  • Quando seu rosto mostra uma redondeza excessiva, que não melhora mesmo com a perda de peso
  • Quando você deseja destacar ou marcar mais as maçãs do rosto
  • Quando o paciente quer reduzir as bochechas e suas bolas de bichat são grandes
  • Ao tentar dar ao rosto uma aparência mais jovem
  • Quando as bolsas de gordura das bochechas dão a impressão de estar acima do peso, mesmo que você seja magro.

Benefícios da Bichectomia

Homens e mulheres com aumento do volume da bochecha podem se beneficiar da remoção de gordura da bochecha. Este procedimento tem várias vantagens, tais como:

  • Melhor contorno do rosto
  • Aparência mais estética
  • Harmonia geral do rosto
  • Aumento da autoconfiança
  • Recuperação rápida sem cicatrizes e tempo de recuperação curto

Este procedimento não tem cicatrizes visíveis e um tempo de recuperação muito curto, permitindo obter rapidamente uma estrutura facial mais firme e tonificada.

Bichectomia Antes e Depois: conclusões

Como vimos, a bichectomia é uma cirurgia muito popular e pode fazer grandes mudanças no rosto de uma pessoa. No entanto, para ter resultados bem sucedidos, requer especialização, experiência e atualização constante.

Nas mãos de um cirurgião plástico certificado, é uma das cirurgias de maior sucesso para alcançar beleza e juventude, pois oferece resultados naturais, duradouros, sem cicatrizes visíveis e com um tempo de recuperação relativamente curto.

Por isso possui um dos maiores índices de satisfação em ambos os sexos.

Cuidados antes e depois de uma bichectomia

Na fase anterior à cirurgia de bochecha, durante o diagnóstico, o médico assistente revisará o histórico médico do paciente.

Bem como as medicações prescritas e a supressão de medicamentos e hábitos como tabagismo, pelo menos duas semanas antes e depois de uma bichectomia.

Quanto aos cuidados pós-operatórios, por se tratar de um procedimento ambulatorial, o paciente pode sair assim que a cirurgia for concluída. O especialista só pedirá descanso por 24 horas de descanso, podendo retomar suas tarefas sociais e laborais no dia seguinte.

Entre outros cuidados após a bichectomia, deve-se evitar comer alimentos duros ou crocantes por 7 dias, procurando ingerir uma dieta líquida ou mole, de preferência.

Além disso, nas primeiras duas semanas, o paciente deve evitar exercícios extenuantes e dormir de costas, com a cabeça levemente elevada e travesseiros ao lado para apoio.

Por outro lado, é muito importante manter a higiene bucal, por isso os dentes e a língua devem ser bem lavados;

Após o primeiro dia, deve-se realizar bochechos com água salgada, ou com um enxaguante bucal pouco abrasivo para eliminar as bactérias. Essas lavagens devem ser feitas 2 vezes ao dia a cada 12 horas.