As mudanças que um homem pode experimentar ao longo de sua vida podem depender de muitos fatores. Entre eles, está o fisiológico e o biológico. Esses fatores surgem por volta dos 45 anos de idade, quando o homem começa a sofrer alterações hormonais decorrentes do processo natural de envelhecimento.

Essas alterações hormonais produzem uma perda gradual de testosterona, comumente conhecida como andropausa. Além disso, em muitos casos também começa a ocorrer um aumento da próstata conhecido como hiperplasia benigna da próstata.

Todas essas patologias masculinas, por sua vez, afetam a saúde sexual dos homens. Por isso, é comum que após os 45 anos ocorram também mudanças na vida sexual, como alterações no apetite ou desejo sexual , distúrbios da ejaculação ou disfunção erétil ou impotência.

Com quantos anos o homem perde a potência

Com quantos anos o homem perde a potência
Com quantos anos o homem perde a potência

A partir dos 40 anos começam a perder a sua potencia, mas isso leva tempo e vai diminuindo com os anos.

Em suma podemos dizer que a queda maior começa as 70 anos.As mudanças sexuais nos homens ou a diminuição da potência sexual , após essa idade, fazem com que o homem se desvalorize gradativamente por ser percebido como diferente e ainda menos homem.

Os homens experimentam muitas mudanças físicas e psicológicas após os 40 anos. Essas mudanças fazem o homem perceber que sua potência sexual diminuiu.

Com o tempo, muitos homens experimentam várias mudanças, tanto físicas quanto hormonais. No entanto, uma das mudanças mais importantes é a que ocorre na  vida sexual após os 40 anos.

Ficamos cientes de que 30% dos homens são completamente inativos sexualmente aos 70 anos. Ainda assim, em todas as idades, os homens relataram níveis mais elevados de interesse e atividade sexual do que as mulheres. A frequência, duração e grau de tumescência peniana noturna (NPT) diminuem significativamente com a idade.

disfunção erétil ou impotência é o problema de ereção mais frequente entre os homens com mais de 40 anos. Entre as causas que o produzem, podemos encontrar fatores orgânicos ou fisiológicos e fatores psicológicos.

Por que a vida sexual masculina muda?

Segundo o especialista, são quatro os principais motivos pelos quais o desempenho e a vida sexual dos homens começam a mudar a partir dos 40 anos .

1. Níveis de testosterona diminuídos

Esta fase começa por volta dos 40 anos e aumenta ano após ano. Estudos clínicos indicam que essa diminuição nos níveis de testosterona varia de 0,5% a 2% ao ano, após os 50 anos. 

Uma boa rotina de exercícios físicos, uma alimentação saudável e um estilo de vida saudável ajudarão a retardar esse processo. A questão é que para o homem em geral é difícil manter bons hábitos de vida.

2. Baixa auto-estima

Muitos homens estão desinformados e despreparados para admitir e lidar com as mudanças que a diminuição da produção de testosterona traz , o que pode ter um grande impacto na autoestima. Esse problema é agravado pela atitude de evasão e não de prevenção que o homem costuma ter.

“O homem sabe pouco ou nada sobre a andropausa, nega os sintomas, é muito raro que vá ao especialista para descobrir e prevenir problemas. Ele costuma ir ao médico quando já tem um problema maior”, destaca o Dr. Acosta.

Os sintomas da andropausa  (um processo semelhante à menopausa feminina) incluem o seguinte:

  • cansaço crônico
  • Falta de desejo sexual e excitação
  • Problemas para obter uma ereção

A perda de cabelo, o ganho de peso e todas as mudanças que vêm com a idade também afetam negativamente a autoestima de um homem, criando uma falta de interesse pelo  sexo.

3. Pressões profissionais e sociais

As obrigações da vida profissional e familiar podem gerar muito estresse nos homens, o que reduz significativamente  o apetite sexual.

Cansaço, pressão e muito pouco sono demonstraram reduzir os níveis de testosterona , que é a principal causa da diminuição  do desejo sexual.

4. Disfunção erétil

Esta é uma das principais razões pelas quais a vida sexual de um homem muda depois dos 40. Conseguir uma  ereção  facilmente é algo a que um homem se acostuma durante sua juventude. Mas a partir dos 40 anos, os episódios podem começar a aparecer onde a facilidade de conseguir ereções diminui.

“ A ereção é um processo muito complexo no qual intervêm muitos fatores, pois é um reflexo psiconeurovascular. Isso significa que deve haver um bom nível hormonal, uma anatomia do pênis saudável e um bom fluxo sanguíneo”, acrescenta Acosta.

Além de todos esses problemas, o estigma social faz com que os homens tenham medo de falar sobre as dificuldades de sua vida sexual , principalmente a disfunção erétil.

Por causa disso, muitos homens buscam aventuras sexuais com mulheres mais jovens. No entanto, Dr. Acosta explica que fazer isso é um erro, pois pode agravar o estado psicológico do homem. 

Nossa melhor recomendação é consultar um médico sexólogo, que entenderá seu processo e o orientará a recuperar sua qualidade de vida sexual.

Como melhorar a vida sexual depois dos 40?

A partir dos 40 anos, a maioria dos homens sente que não tem o desejo e o desejo sexual que tinham quando eram mais jovens. Isso pode causar outros problemas, principalmente psicológicos.

O Dr. Juan Carlos Acosta de la Torre, especialista em sexologia clínica e medicina sexual, afirma que aos 40 os homens experimentam uma preocupação excessiva com o desempenho sexual, uma condição chamada  ansiedade devido ao medo do desempenho ou ansiedade do desempenho.

Essa condição gera ansiedade e preocupação durante o sexo , gerando mais bloqueios mentais quando se trata de relacionamentos e dificultando seu  desempenho sexual.