Com quantos anos pode se alistar no exército,  saiba no artigo de hoje, continue a ler o nosso guia completo.

Um militar , também conhecido coletivamente como forças armadas , é uma força fortemente armada e altamente organizada, destinada principalmente à guerra.

 É tipicamente autorizado e mantido por um estado soberano , com seus membros identificáveis ​​por seu uniforme militar distinto. 

Pode consistir em um ou mais ramos militares , como exército , marinha , força aérea , força espacial , fuzileiros navais ou guarda costeira . A principal tarefa dos militares é geralmente definida como a defesa do Estado e seus interesses contra ameaças armadas externas.

Com quantos anos pode se alistar no exército

Com quantos anos pode se alistar no exército: Ter 18 anos e ter 30 anos no maximo no dia de ingresso no Centro de Treinamento Militar correspondente. Não ter antecedentes criminais.

No Brasil o alistamento militar é obrigatório, e quem não se alistar pode ter uma série de problemas, como a proibição de:

  • Ingressar como funcionário, empregado ou associado em instituição, empresa ou associação oficial, oficializada ou subvencionada;
  • Assinar contrato com o governo federal, estadual, dos territórios ou municípios;
  • Prestar exame ou fazer matricula em qualquer estabelecimento de ensino;
  • Obter carteira profissional, registro de diploma de profissões liberais, matrícula ou inscrição para o exercício de qualquer função e licença de indústria e profissão;
  • Fazer inscrição em concurso para provimento de cargo público;
  • Exercer, a qualquer título, sem distinção de categoria ou forma de pagamento, qualquer função pública ou cargo público, eletivos ou de nomeação;

Receber qualquer prêmio ou favor do governo federal, estadual, dos territórios ou municípios.

Casos especiais

Há casos em que o alistamento só pode ser feito presencialmente. Uma delas é a de jovens que forem arrimo de família, ou seja, o único responsável pelo sustento da família.

Nessa situação é necessário apresentar um requerimento pedindo dispensa de incorporação e também apresentar documentos que comprovem sua condição.

Outra situação é para os jovens com deficiência. De acordo com o Ministério da Defesa, para solicitar a dispensa o “portador de necessidade especial física aparente, entregará requerimento solicitando isenção do serviço militar e atestado médico com diagnóstico de incapacidade e o respectivo CID, que é a Classificação Internacional de Doenças”.

Caso a pessoa não tenha condição de comparecer a uma junta do serviço militar por incapacidade absoluta, ele poderá ser representado por tutor ou curador mediante procuração lavrada em cartório.