Mas por que o nome chá de cavalinha? Será que é feito com alguma parte do animal? Opa, calma lá, nada disso! O nome veio simplesmente por conta do caule da planta, que se assemelha à cauda de um cavalo!

O chá é uma bebida popular especialmente por sua capacidade de acalmar. Mas, com as infinitas possibilidades de combinações, infusões e ingredientes, ainda há algumas variedades de chá pouco conhecidas.

Você já tomou chá de cavalinha, por exemplo? Não é uma das plantas mais famosas, mas seu efeito diurético e a forte presença de silício são atrativos interessantes para quem procura se livrar daquele líquido acumulado e reforçar os ossos.

Mas, além desses benefícios, para que serve chá de cavalinha? Essa erva tem outras ações que auxiliam a manter uma boa saúde, por isso, vale a pena ter essa opção na despensa. Aqui você vai ver tudo sobre chá de cavalinha, suas propriedades, como fazer e contraindicações.

Como fazer chá de cavalinha para emagrecer

Como fazer chá de cavalinha para emagrecer

Como fazer chá de cavalinha para emagrecer

Recipe by Felito Murene
Servings

4

servings
Prep time

10

minutes
Cooking time

10

minutes
Calories

300

kcal

Ingredients

  • 2 paus de canela

  • 1 colher de sopa de cavalinha

  • 250ml de água

Directions

  • Despeje a água e a canela em um uma panela ou vasilha metálica e leve ao fogão.
  • Assim que a água ferver, acrescente a cavalinha.
  • Após 10 minutos, apague o fogo e sirva o chá em uma xícara.

Notes

  • Recomenda-se beber até três xícaras de chá de cavalinha por dia. Isso porque o consumo em excesso, por períodos prolongados, pode causar inflamação e lesão no fígado, lesões no sistema urinário e dor de cabeça.
  • Por isso, principalmente para quem faz uso de medicamentos diuréticos, não é aconselhável beber chá de cavalinha em grandes quantidades.
  • Também não é recomendável para gestantes, lactantes e crianças.

Chá de cavalinha aborta?

Não é recomendado que grávidas tomem o chá de cavalinha. No entanto, existe um consenso entre nutricionistas e médicos de que o problema não está na erva em si, mas na quantidade da bebida.

Por exemplo, 200g de extrato seco de cavalinha pode ter um efeito nocivo para grávidas. Já um blend de chás que contém cavalinha não tem diretamente um efeito abortivo ou prejudicial para a gestação.

A nutricionista Thais Conte explica que, apesar disso, não é indicado que uma mulher gestante consuma chá de cavalinha antes da orientação de um médico ou nutricionista.

VEJA ALGUNS OUTROS BENEFÍCIOS DO CHÁ DE CAVALINHA:

  1. Ajuda na retenção de líquidos e combate o inchaço do corpo, já que possui grandes quantidades de flavonóides, compostos fenólicos e sais minerais;
  2. Auxilia na queima de gordura localizada, eliminando líquidos que causam excesso de peso, justamente por possuir substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias;
  3. Combate a infecção urinária e outros problemas renais. Eliminando a urina com frequência, consegue colocar para fora bactérias do trato urinário;
  4. Diminui a pressão arterial também por conta da ação diurética, eliminando o volume de líquidos elevados dos vasos sanguíneos
  5. Fortalece, aumenta a resistência e mantém a saúde dos ossos por ser rico em minerais como cálcio, fósforo e magnésio;
  6. Elimina fungos e bactérias por conta da presença de óleos essenciais como o timol e o cineol. Escherichia coli, que causa infecção urinária, e Staphylococcus aureus, que afeta o pulmão e a pele, são algumas das bactérias combatidas.