Como reconquistar meu marido

Como reconquistar seu marido? Se seu marido está deixando você, é porque ele acredita que tem muito mais a ganhar do que a perder ou, outra maneira de dizer é que ele tem medo de perder o que poderia ter sem você.

Pode ser outra mulher, mas também pode ser uma sensação de liberdade, ou até ele não se sentiu amado e valorizado por você. Ele também pode estar saindo porque quer conseguir alguém novo.

Como ele está ficando mais velho, ele pode querer algo novo enquanto ainda pode obtê-lo. Para outros homens, porque eles se tornaram mais bem-sucedidos, é mais fácil conseguir algo novo do que era antes.

Pode ser outra mulher, mas também pode significar um estilo de vida diferente, incluindo roupas caras, carros e entretenimento. Muitas vezes, as rotinas conjugais não conseguem acompanhar as mudanças individuais.

Homens ansiosos por mais emoção podem ser casados ​​com mulheres que resistem a qualquer mudança. Ou seja, o homem precisa avançar ou deixar o casamento para encontrar o que acredita que o fará mais feliz.

Como reconquistar o marido
Como reconquistar o marido

Como reconquistar o marido

O que fazer para reconquistar o marido: Seu primeiro instinto pode ser ficar carente e com lágrimas nos olhos, implorando ao seu marido que volte e fazendo várias promessas para mudar tudo o que ele não suporta em você. Mas, quando os homens decidem deixar um relacionamento, eles já passaram do ponto de acreditar que sua esposa vai mudar. 

Se o seu cônjuge não estiver interessado em trabalhar no casamento ou se divorciar, provavelmente você está experimentando uma grande variedade de emoções, da raiva à tristeza e ao medo. É um lugar doloroso para se estar.

Publicidade

É confuso e assustador, porque você tem medo de perdê-lo. Embora possa parecer uma causa perdida, há muito o que você pode fazer para ajudar a mudar as coisas, mesmo que seu parceiro pareça desinteressado. Veja como reconquistar seu marido ou sua esposa.

Reconquistar marido magoado

Como reconquistar marido magoado? Você sente que, em qualquer direção que pisar, seu casamento só vai piorar?

Pode parecer que você tenha muitos sinais dizendo que seu casamento acabou, mas a verdade é apenas alguns, sinais raros são terminais. A maioria são simplesmente sinais de alerta, e se você começar a agir de maneira positiva agora, ainda há muito o que fazer para melhorar seu casamento.

Publicidade

Descobrimos que a internet está cheia de artigos que dão conselhos terríveis sobre o casamento. Como é isso que a maioria das mulheres lê quando se preocupa com o casamento, achamos que seria uma boa ideia compilar uma lista dos 13 principais sinais de que seu casamento acabou, conforme sugerido por muitos “especialistas” em casamento, e validá-los ou refutá-los. neste artigo. Muitos dos problemas levantados são aqueles que sabemos serem facilmente recuperáveis.

Todo mundo fantasia em “resolver” os seus problemas fugindo, como faria em um trabalho insatisfatório. Esse pode ser um motivo para deixar o emprego, mas não o casamento. Em vez disso, use essa situação como motivação para aprender a melhorar as coisas em casa.

Constatamos, repetidamente, que quando pelo menos uma pessoa está disposta a se esforçar para fazer mudanças, existe uma alta probabilidade de o casamento ser recuperado.

Se o seu casamento está prestes a acontecer e você não compartilha seus pensamentos e sentimentos como antes, comece a compartilhar seus pensamentos e sentimentos como antes. Mas não compartilhe nada que prejudique os sentimentos de seu cônjuge. Esse é um erro comum que as pessoas cometem quando não sabem como gerenciar seu casamento.

Publicidade

Um de vocês fica na defensiva.
É muito comum as pessoas ficarem na defensiva, principalmente quando sentem que estão sendo atacadas, convocadas ou brutalmente verbalizadas. O que causa esse sentimento pode ser algo tão trivial como um lembrete de que eles deixaram toalhas no chão, o assento para cima ou a pasta de dente pela milésima vez.

Publicidade

Aprender a se comunicar é uma solução melhor. Você deve evitar acionar seu cônjuge. Fique atento aos tópicos aos quais eles são sensíveis. Se você não encontrou o caminho certo para dizer algo; Isto pode esperar. Pense em como eles podem receber sua comunicação e tente encontrar maneiras de expressar amor ao se comunicar com seu cônjuge.

O que fazer para reconquistar o marido

Como reconquistar seu marido? Não consigo pensar em nada mais doloroso ou comovente do que ouvir seu marido dizer: “Não te amo mais. Talvez eu nunca tenha feito. Ou “acabou. Estou apaixonado por outra pessoa. Ou, talvez ainda pior, descobrir essas coisas sem ele dizer nada.

O que fazer para reconquistar o marido:

  1. Dê a ele espaço – Seu primeiro instinto pode ser  implorar para que seu cônjuge trabalhe no relacionamento. Dê espaço ao seu cônjuge e permita-lhe tempo para processar e descobrir as coisas. Embora seja ideal obter ajuda profissional para obter clareza, talvez não seja uma opção no momento. Quando você dá espaço a ele, mostra que respeita o direito dele de ter os próprios sentimentos, mesmo que veja as coisas de maneira diferente. Quanto mais você pressiona, maior a probabilidade de ele recuar e se libertar.
  2. Responsabilize-se pelo seu papel – A única coisa que você pode fazer com um cônjuge não disposto é mudar a si mesmo. Isso significa reconhecer seu papel no colapso do relacionamento. Vocês dois são igualmente responsáveis ​​pelo seu relacionamento chegar a esse ponto. Mesmo que você não tenha feito nada além de deixá-lo parar no piloto automático, a entropia entra em vigor e a desconexão aumenta, a menos que você esteja investindo ativamente energia. Descubra o que você estava fazendo que levou a um ambiente que levou seu cônjuge a se afastar. Fique consciente do que você poderia ter feito mais para se manter conectado.
  3. Pare de incomodar – Um hábito terrível que pode afastar um marido é irritante. Se você estiver fazendo isso, pare agora. Faz sentido que você queira importunar. Afinal, seu cônjuge não responde às suas solicitações. Examine a maneira como você está pedindo o que precisa e aprenda a pedir de maneira mais positiva. Quando você continuar a incomodar e empurrar, seu cônjuge desejará correr para o outro lado.
  4. Negatividade zero – Além de irritar, críticas antigas e comuns podem ser um assassino de relacionamentos. Embora possa parecer normal criticar, culpar ou envergonhar nosso cônjuge, esse comportamento pode ser extremamente desanimador. Ninguém quer estar no lado receptor da negatividade. Se você está chateado com alguma coisa, é imperativo aprender como compartilhá-la de uma maneira que expresse seus sentimentos sem deixar o outro de lado. Remover a negatividade mostrará ao seu cônjuge que seu relacionamento pode ser diferente.
  5. Idiomas do amor – Aprenda a amar seu cônjuge da maneira que ele precisa para se sentir amado. Embora você sinta que demonstrou amor ao seu cônjuge ao longo dos anos, se você não estiver falando o idioma dela, muitos de seus esforços serão em vão. Se você demonstrar amor por meio de um serviço, como fazer um café para ela pela manhã, lavar a louça ou colocar as crianças na cama e a linguagem do amor dela, são palavras de afirmação, a menos que você expresse seu amor e apreço por meio de palavras, todo seu esforço. Comece a amá-la da maneira que ela precisa, mesmo que não seja da maneira que você costuma expressar amor. Ela começará a sentir que você realmente se importa e é definitivamente algo que você deve fazer se quiser sua esposa de volta.
  6. Pegue seu marido fazendo algo certo – é tão fácil ver quando seu cônjuge está fazendo algo errado. É muito mais difícil perceber quando ele está fazendo algo certo. Fique atento a esse ato ou palavra gentil e deixe que ele saiba o quanto você gosta. Em vez de sentir que ele não pode fazer nada certo nesse relacionamento a ponto de desistir, ele começará a se sentir reconhecido e apreciado por todos os esforços que está fazendo. Perceber e apreciar seus esforços removerá o ressentimento e o desamparo e despertará a esperança.
  7. Tenha compaixão– É difícil viver com um cônjuge que não está envolvido ou está pensando em sair. Você quer que ele fique, mas também tem dificuldade em lidar com seus próprios sentimentos feridos. Isso, por sua vez, frequentemente o leva a se comportar de maneira contraproducente. Quebre essa dinâmica por ter compaixão pelo seu cônjuge. Por mais que seus sentimentos sejam válidos, seu cônjuge tem sua própria experiência. Nem está certo ou errado. Ao imaginar a dor que seu cônjuge está sentindo ou pensar no que pode estar motivando o comportamento dele, desperte compaixão em seu coração. Imagine aquele menino que apenas quer ser amado e valorizado. No fundo daquele exterior adulto, há um menino inocente. Sinta sua dor e entenda por que ele pode estar agindo com mágoa.
  8. Pare o drama – Quando você está se sentindo sozinho em seu relacionamento, é tentador envolver outras pessoas, especialmente quando seu cônjuge não está interessado em trabalhar junto com você. Cuidado, quanto mais se envolver, mais drama. Isso geralmente sai pela culatra e serve para afastar ainda mais sua esposa. Embora você possa ter um amigo íntimo para ajudá-lo nisso, envolver membros da família ou ligar para seus amigos para convencê-lo a se envolver no casamento nem sempre é a melhor ideia. Obtenha o suporte necessário, mas não crie um circo de três anéis.
  9. Desista – Em última análise, você não pode controlar outra pessoa, seus pensamentos, sentimentos ou decisões. Você pode fazer o melhor que puder para se tornar um parceiro saudável e amoroso, e isso pode corrigir muitos erros do passado. Em algum momento, porém, devemos deixar ir e deixar Deus abrir o coração de nosso parceiro para permitir que nossos gestos positivos penetrem em seu coração. A oração ajudará nossos esforços a ter maior impacto e a fé nos permitirá sentir-se em paz com o esforço que investimos.