No artigo de hoje vais ficar a saber Como saber se o saco gestacional saiu, no nosso guia completo.

O saco gestacional é a primeira estrutura formada no início da gravidez que envolve e abriga o bebê e é responsável por formar a placenta e a bolsa amniótica para o bebê crescer de forma saudável.

Estando presente até aproximadamente a 12ª semana de gestação.

O saco gestacional pode ser visualizado por ultrassom transvaginal por volta da 4ª semana de gestação e fica localizado na parte central do útero, medindo de 2 a 3 milímetros de diâmetro, sendo um bom parâmetro para confirmação da gravidez.

No entanto, nesta fase ainda não é possível visualizar o bebê, que só aparece dentro do saco gestacional após 4,5 a 5 semanas da gestação.

Por esta razão, geralmente os médicos preferem esperar até a 8ª semana para solicitar o ultrassom para ter uma avaliação mais segura de como está o desenvolvimento da gravidez.

Como saber se o saco gestacional saiu

Como saber se o saco gestacional saiu
Como saber se o saco gestacional saiu

A estrutura que envolve o embrião no útero é chamada de saco gestacional e serve para proteger o bebê e fornecer nutrientes, como saber se o saco gestacional saiu, É importante porque é a primeira coisa vista no ultrassom.

Ou seja, o primeiro indicador de gravidez. O saco é inconfundível, pois é cinza / bege, enquanto tudo o que saiu é vermelho. Os coágulos que são eliminados são vermelho-escuros e parece gelatina.

Eles podem ter o que parece ser uma membrana interna, parte da placenta. O saco ficará dentro de um dos coágulos. Nessa idade, o bebê geralmente está totalmente formado. Com dedos, braços, pernas e pés, e pode ser visto no saco.

Pode ser muito difícil esperar o aborto porque você não sabe quando isso vai acontecer. Quando começar, você perceberá manchas e cólicas e, em seguida, rapidamente, começará a sangrar muito.

As cãibras vão piorar até sentirem contrações, e o tecido da gravidez vai sair.

Algumas mulheres optam pelo medicamento para acelerar o processo. Nesse caso, é provável que o tecido da gravidez desapareça em algumas horas.

A partir de quando o saco gestacional pode ser visto?

O saco gestacional pode ser detectado por ultrassonografia endovaginal entre as semanas 4 e 5 da gravidez, quando a estrutura tem apenas cerca de 3-5 milímetros.

O saco gestacional é uma estrutura que desaparece gradualmente entre as semanas 9 e 10 da gravidez, pois é substituído pela placenta.

Nos exames de ultrassonografia, o saco gestacional aparece como uma pequena esfera escura cercada por uma borda clara no endométrio uterino.

O saco gestacional é, portanto, a primeira estrutura que abriga o embrião e o primeiro indicador de gravidez que pode ser visto em um ultrassom nas primeiras semanas.

Problemas mais comuns com o saco gestacional

O saco gestacional saudável apresenta contornos regulares e simétricos e boa implantação. Quando apresenta irregularidades ou implantação baixa, as chances da gravidez não evoluir são grandes.

Os problemas mais comuns incluem:

Saco gestacional vazio

Após a 6ª semana da gravidez, se o feto não for visualizado pelo ultrassom, significa que o saco gestacional está vazio por isso o embrião não se desenvolveu após a fecundação. Este tipo de gestação é também chamada de gravidez anembrionária ou ovo cego.

Saiba mais sobre gravidez anembrionária porque acontece.

As causas mais comuns do feto não se desenvolver são divisão celular anormal e baixa qualidade do esperma ou do óvulo.

Geralmente, o médico solicita repetir o ultrassom por volta da 8ª semana para confirmação da gestação anembrionária.

Caso seja confirmada, o médico poderá optar por aguardar alguns dias pelo aborto espontâneo ou fazer a curetagem, neste caso é necessária internação hospitalar.

Deslocamento do saco gestacional

O deslocamento do saco gestacional pode ocorrer por aparecimento de um hematoma no saco gestacional, devido a esforço físico, queda ou alterações hormonais, como desregulação da progesterona, pressão alta, uso de álcool e drogas.

Os sinais de deslocamento são cólica leve ou intensa e sangramento marrom ou vermelho vivo. Geralmente, quando o deslocamento é superior a 50%, as chances de aborto espontâneo são grandes.

Não existe uma forma eficaz para prevenir o deslocamento, mas quando acontece, o médico indicará medicamentos e repouso absoluto por pelo menos 15 dias. Nos casos mais graves, é necessária internação.

Quando ir ao médico

É importante ir ao médico se surgirem sintomas de cólica intensa ou sangramento, neste caso deve-se procurar imediatamente a maternidade ou pronto-atendimento e entrar em contato com o médico que faz o acompanhamento da gestação.

O diagnóstico de problemas no saco gestacional é somente feito pelo médico por ultrassom, por isso, é importante iniciar o pré-natal logo se saiba da gravidez.

Descolamento de Placenta é a mesma coisa que Descolamento do Saco Gestacional?

Não, o descolamento de placenta é algo bem diferente. Enquanto o descolamento da placenta é um problema que ocorre no final da gestação (terceiro trimestre), o descolamento do saco gestacional é um problema do primeiro trimestre.

O descolamento prematuro da placenta é um problema bastante grave, que coloca em risco a vida não só do bebê mas também da gestante.

Já os descolamentos do saco gestacional na sua maioria tem uma evolução benigna e que costuma regredir espontaneamente na maioria das vezes.

O que causa o descolamento do saco gestacional?

Não existe uma causa conhecida para o descolamento do saco gestacional. O saco gestacional é aderido à parede do útero, como se fosse uma fina membrana colada na cavidade uterina.

Pesquisadores especulam que durante a implantação do ovo ocorra uma pequena separação ou descolamento desta membrana, o que causa um sangramento.

Não há um motivo ou algo que a futura mamãe possa ter feito (ou deixado de fazer) para que o sangramento ocorra. O descolamento de saco gestacional acontece com gestantes de todas as idades e de todas as raças.

Qual é o tratamento para o descolamento do saco gestacional?

Não existe um tratamento específico para o descolamento do saco gestacional. Na maioria dos casos o sangramento irá parar espontaneamente e em algumas semanas o hematoma retro coriônico irá desaparecer.

O internamento hospitalar não é necessário na maioria das vezes, pois o sangramento não é volumoso. Nos casos aonde o sangramento for muito volumoso o médico poderá internar a paciente.

Não existe remédio para “cortar” ou sangramento, ou mesmo evitar o abortamento. Alguns médicos podem prescrever remédios para ajudar a diminuir os sintomas como cólicas ou mesmo progesterona.

Apesar de a falta de progesterona ser uma das causas de abortamento, sabemos hoje que usar progestorona em uma ameaça de abortamento aparentemente não reduz os riscos de perder a gravidez.