Como se tornar uma pessoa inteligente

Embora muitas pessoas acreditem que a inteligência é limitada àqueles com QI alto, existem vários métodos potenciais para aumentar as habilidades cognitivas de uma pessoa e se tornar mais eficaz em várias atividades profissionais e pessoais.

Com motivação e determinação suficientes, qualquer pessoa pode expandir suas capacidades mentais e se tornar mais inteligente.

 Integrar novos hábitos em sua rotina regular e fornecer estimulação adequada pode aguçar seu intelecto rapidamente e deixá-lo inspirado para enfrentar novos desafios a cada dia.

Então, como se tornar mais inteligente?

Como se tornar uma pessoa inteligente

Como se tornar uma pessoa inteligente
Como se tornar uma pessoa inteligente

Como se tornar uma pessoa inteligente, a saúde do cérebro é uma chave importante na saúde física completa. A lista abaixo inclui as melhores atividades que envolvem o cérebro na vida diária.

1. Passe algum tempo lendo todos os dias.

A mente é como um músculo: quanto mais você a usa, mais forte ela se torna. A leitura é um elemento importante para desenvolver sua mente, pois é uma das formas básicas de adquirir conhecimento e aprender.

Através da leitura, você pode descobrir coisas novas e educar-se sobre qualquer assunto. A leitura também ajuda a desenvolver seu lado criativo, envolvendo sua imaginação.

 As palavras, faladas e escritas, são os blocos de construção da nossa existência social – e através das palavras, você pode ir a qualquer lugar do mundo.

Se você deseja aumentar rapidamente seu conhecimento, uma maneira fácil é acelerar sua leitura para que você possa cobrar por meio de livros, material escrito e até artigos on-line (como este!). 

A maioria das pessoas lê a uma taxa média de 250 palavras por minuto. Nesse ritmo, você levaria cerca de seis minutos para ler este artigo.

 Mas com a leitura rápida, você pode reduzir esse tempo pela metade. Apenas lembre-se, o objetivo é ajudá-lo a consumir mais informações rapidamente, não apenas ampliar as palavras sem compreender completamente seu significado.

2. Concentre-se em construir uma compreensão mais profunda.

Tornar-se mais inteligente exige mais do que apenas absorver informações – a verdadeira sabedoria vem da compreensão profunda de um assunto.

 As pessoas mais bem-sucedidas superam consistentemente todas as outras porque são capazes de aprender rapidamente novas habilidades, adaptar-se às mudanças e trabalhar de forma colaborativa e independente.

Eles usam um conhecimento profundo e significativo de seu mundo e uma mentalidade flexível para entender problemas e encontrar soluções rapidamente. Sua profunda base de conhecimento fornece a base necessária para o desempenho.

Trabalhe para construir uma base de conhecimento profunda e significativa sobre alguns tópicos e questões-chave. Seja honesto consigo mesmo sobre as áreas em que você é fraco e procure reforçar sua compreensão de assuntos importantes até ter uma base sólida sobre a qual possa construir.

 O conhecimento é cumulativo, então comece com o básico. Você precisa ter uma compreensão firme de como algo funciona antes de poder consertá-lo. É bom ter uma amplitude de conhecimento, mas também é importante fazer “mergulhos profundos” para realmente entender questões difíceis e complexas.

3. Questione e busque esclarecimentos constantemente.

Fazer perguntas é o fator mais importante para se tornar mais inteligente. A inovação sempre começa por fazer perguntas e ser curioso.

 Há valor em fazer perguntas porque é assim que ultrapassamos os limites do nosso mundo e da nossa mente. É por isso que é tão importante aprimorar uma mente curiosa e aberta questionando constantemente tudo.

Não é apenas uma questão de fazer perguntas; você deve fazer perguntas perspicazes que sondam a validade das suposições, analisam a lógica e exploram o desconhecido. Pratique fazer perguntas que cheguem ao cerne de uma questão e cultive a disposição de pressionar por respostas.

Como qualquer outra coisa, desenvolver essa habilidade leva tempo. Enquanto estiver trabalhando, lendo ou participando de atividades, mantenha um registro das perguntas que vêm à mente sobre tudo e qualquer coisa com as quais você esteja envolvido. Não tenha medo de buscar esclarecimentos quando algo não estiver claro.

4. Diversifique seu dia.

Uma das melhores maneiras de aumentar sua inteligência envolve flexionar diferentes áreas do seu cérebro. Você não vai ficar mais esperto fazendo a mesma coisa todos os dias.

 Embora ter uma rotina seja uma coisa boa (para que seu corpo saiba quando se levantar e quando é hora de dormir), você não quer passar suas horas de vigília preso em uma rotina.

Ao convidar um pouco de novidade para sua vida diária, você mantém as coisas frescas e interessantes. Isso pode significar procurar um novo lugar para almoçar ou dar um passeio ao meio-dia no qual você presta atenção às vistas e sons ao seu redor. 

Você também pode misturar as coisas durante o horário de trabalho simplesmente encontrando novas maneiras de realizar suas tarefas diárias.

Se você estiver trabalhando por um tempo em uma coisa, tente mudar para outra. Procure maneiras de fazer as coisas de forma ligeiramente diferente. Isso afastará o tédio e ajudará sua mente a permanecer afiada e focada. 

Ao misturar as coisas, você usará partes do seu cérebro de maneira um pouco diferente a cada dia. Isso ajuda você a aumentar sua inteligência, forçando-o a flexionar seu poder cerebral de maneiras diferentes – pense nisso como um treino geral para o seu cérebro.

5. Revise as informações aprendidas.

Recordamos novas informações com mais nitidez logo depois de aprendê-las. Se você não usar essa informação novamente logo depois de aprendê-la, ela desaparecerá rapidamente de sua mente. 

Depois de alguns dias, podemos lembrar apenas um pouco do que aprendemos inicialmente. Para aumentar nossa capacidade de lembrar, precisamos armazenar essas informações em nossa memória de longo prazo, e a melhor maneira de fazer isso é revisar com frequência o que aprendemos até que esteja bloqueado em nossos bancos de memória.

Faça anotações enquanto lê ou pesquisa algo, ou reserve alguns minutos quando terminar e anote os pontos principais. Em seguida, gaste alguns minutos todos os dias revisando este material. 

É preciso um pouco de esforço, mas uma vez que se torne um hábito, você ficará surpreso com o quão bem uma revisão rápida das informações ajudará a confirmar que você as compreende – e a ver em quais áreas você precisa se concentrar.

Você também pode tentar reescrever as informações ou reorganizar suas anotações – isso reforçará ativamente o que você aprendeu. O ato de reescrever notas nos ajuda a esclarecer nossa compreensão de um tópico e reduz o tempo que levamos para “reaprender” quando precisarmos usar esse conhecimento no futuro.

6. Acompanhe suas ideias.

À medida que você trabalha para construir sua base de conhecimento, você verá sua mente se expandindo e crescendo de novas maneiras. Se você está enchendo seu cérebro com ótimas informações, sua mente vai fazer o seu trabalho e começar a interpretar essas informações de uma maneira útil. 

Você pode descobrir que de repente se tornou uma máquina de ideias . Você começará a experimentar “momentos aha” – aqueles pequenos avanços em que de repente você conecta uma ideia a outra para formar uma ideia ainda maior e melhor.

Certifique-se de tomar nota dessas ideias. Anote-os, mantenha-os à mão e certifique-se de continuar a consultá-los. Lembre-se, mesmo suas maiores e melhores ideias são totalmente inúteis, a menos que você realmente faça algo com elas.

 Se você tem um golpe de gênio, mas perde a linha de pensamento e nunca volta a construir essa ideia ou refiná-la – bem, você acabou de perder uma grande oportunidade!

Nem todas as suas novas ideias serão vencedoras. Alguns podem ser fugazes ou simplesmente não vão dar certo. Mas de vez em quando, você pode ter um momento de luz que pode mudar sua vida.

7. Permita-se mudar.

Quer percebamos ou não, às vezes nos seguramos. Há momentos em que até as pessoas mais inteligentes se permitem ficar presas a ideias e maneiras de pensar obsoletas ou errôneas.

 Para se tornar verdadeiramente inteligente, você deve se permitir cometer erros, correr riscos e aproveitar as oportunidades e aprender com todas essas experiências.

Você deve se permitir mudar, estar aberto a coisas novas e, finalmente, se tornar uma versão diferente e melhor de si mesmo. Ao se abrir para novas fontes de conhecimento e forçar sua mente a aprender coisas novas, você pode acabar questionando alguns de seus antigos pensamentos fundamentais.

 Você pode descobrir que algumas de suas percepções estavam erradas ou que seus pontos de vista não estavam fundamentados em fatos.Desafie ideias, discuta-as com outras pessoas, ouça outros lados e flexione suas habilidades analíticas. 

Mas esteja aberto a mudar de ideia. E acima de tudo, dê a si mesmo espaço para crescer e continuar em seu caminho em busca da sabedoria. À medida que você se torna mais inteligente, o sucesso se seguirá.