Comportamento de um homem apaixonado psicologia

No artigo de hoje vais ver como é o Comportamento de um homem apaixonado psicologia, no nosso guia completo.

Alguns dados mostram que os homens podem se sentir apaixonados à primeira vista, embora, claro, cada homem seja diferente e possa reagir às suas emoções de maneira diferente.

Publicidade

Agora, é realmente amor ou paixão? Pode ser chamado de amor, neste caso, química sexual, atração e aquele sentimento que ativa a secreção de hormônios e ativa nossa adrenalina.

Comportamento de um homem apaixonado psicologia

Comportamento de um homem apaixonado psicologia
Comportamento de um homem apaixonado psicologia

O amor, é claro, sendo uma das emoções mais exigidas da sociedade, sempre teve um lugar privilegiado no que diz respeito ao estudo do Comportamento de um homem apaixonado psicologia.

Quando se trata de amor, a psicologia fala sobre 3 estágios fundamentais.

Publicidade
  • Fase 1: Luxúria, que é impulsionada pelos níveis de testosterona (hormônio masculino) isso faz com que a primeira fase da paixão seja administrada através do instinto, sendo este o primeiro passo para alcançar o amor
  • Estágio 2: A  atração, que gera um efeito estimulante, semelhante ao das drogas ou do álcool, é devido à liberação de uma mistura de substâncias químicas no cérebro, incluindo dopamina (hormônio do prazer), adrenalina (lutar ou fugir) e noradrenalina (estado de alerta), o que torna a atração uma sensação viciante, essas substâncias geram a peculiar vermelhidão das bochechas, suor nas mãos, o coração disparado quando perto do ente querido
  • Estágio 3: apego, finalmente o terceiro estágio do amor refere-se ao apego, essa emoção é produzida pela liberação de dopamina e norepinefrina substituída por oxitocina, nesta fase você experimenta um vínculo que faz você se sentir apegado a outra pessoa.

Assim, o amor corresponde a um conjunto de sistemas cerebrais onde a luxúria, a atração romântica e o apego intervêm como um ciclo fundamental entre os mamíferos, o que nos coloca em um nível bastante instintivo no que diz respeito ao amor.

Dentro desse sistema, a luxúria promove o acasalamento com qualquer parceiro adequado, a atração nos faz escolher e preferir um parceiro em particular e o apego permite que os parceiros cooperem e permaneçam juntos até que seus deveres parentais sejam cumpridos.

Os sistemas evolucionários formam um terreno no qual as variantes individuais e culturais do amor são construídas. Eles representam universais humanos que se expressam de maneiras culturais diferentes.

No caso dos homens, estes costumam representar a parte mais instintiva do amor, o homem apaixonado, busca principalmente adrenalina e emoção que privilegia a luxúria e a atração, já que são essas etapas que o fazem se sentir vivo, e claro onde não. t me sinto comprometido.

Publicidade

Agora, como era de se esperar, cada homem tem sua forma de perceber o amor, alguns estão geneticamente preparados para chegar ao estágio do apego, outros acham um pouco mais difícil acessar esse estágio.

Publicidade

Mas como a psicologia descreve um homem apaixonado?

Quando um homem está apaixonado, ele pode mostrar algumas características de sua personalidade que revelam seus sentimentos, por exemplo.

  • Um homem apaixonado deixará seu lado romântico fluir.
  • O homem apaixonado está pronto para planejar seu futuro.
  • A influência do macho alfa fará com que ele marque território quando se sentir ameaçado pela pessoa que ama.
  • Quanto à expressão corporal do homem, muita ênfase tem sido colocada na forma como ela muda, por exemplo:
    • Um homem apaixonado pode mostrar um sorriso nervoso.
    • Hormônios em pleno andamento produzem mãos suadas e bochechas vermelhas,
    • É comum que promovam o contato visual e ao mesmo tempo evitem olhar caso se sintam descobertos ou muito expostos
    • Eles buscam contato físico.
    • É preparado e perfumado mais do que o normal, o cheiro pode ser tão importante quanto a aparência.

Cada um desses traços em sua atitude são capazes de mostrar quando um homem está apaixonado, o que significa que ele está sendo vítima das reações de sua bioquímica (ele pode tentar esconder, mas sua genética o denuncia).

A psicologia prova que os homens geralmente são os primeiros a dizer Eu te amo!

Longe do que possamos pensar, ficou demonstrado que, no que diz respeito ao amor verdadeiro, os homens se envolvem mais rapidamente do que as mulheres e, geralmente, são os primeiros a dizer “eu te amo”.

Isso porque geneticamente as mulheres tendem a ser mais críticas na escolha do parceiro e, portanto, mais analíticas no processo de se apaixonar.

Em suma, a psicologia mostrou que somos ainda mais primitivos e mais instintivos do que poderíamos pensar e nos envolvemos romanticamente com aquela pessoa que estimula a química do nosso cérebro e ativa nossos instintos.

Publicidade