A Amazon está cada vez mais voltando seu foco para as marcas e, com esse novo foco, surgem uma série de grandes oportunidades para os mesmos pontos de venda aumentarem sua visibilidade e gerar mais vendas.

Uma das ferramentas mais populares e eficazes para atingir esse objetivo é configurar uma Amazon Store e, neste blog, ajudaremos você a entender o que isso significa e como iniciar sua própria Amazon Storefront!

Então, tudo o que você precisa é de uma boa estratégia de negócios, leia isso no ClearAds para obter orientação.

O que é uma Amazon Store?

Em essência, uma Amazon Store é um mini-site que mostra uma marca específica no Amazon Marketplace. A fachada da loja inclui várias páginas nas quais você pode colocar links e conteúdo relevante, além de acessar recursos projetados para ajudar a aumentar sua presença na plataforma.

Existem muitos benefícios na abertura de uma Amazon Store, embora os mais importantes entre eles incluam:

  1. Maior visibilidade – uma loja ajuda a oferecer aos clientes um espaço central para o retorno quando eles procuram seus itens de marca, ajudando-os a encontrar seus produtos com facilidade.
  2. Uma vitrine on-line – abrir uma Amazon Store ajuda a dar a você a chance de mostrar sua marca da melhor maneira possível, sempre bem-vinda no mercado digital lotado.
  3. Educar seus clientes – É um ótimo lugar para educar seus clientes sobre sua marca e contar sua história.

Se você está ansioso para abrir sua própria Amazon Store, aqui está como começar!

1. Abra uma conta de vendedor profissional

Saiba como e por quê criar uma loja virtual da Amazon

Assim como a Amazon muda para um interesse crescente em marcas, também está se tornando uma plataforma cada vez mais seletiva quando aprova os vendedores no Amazon Marketplace.

Novas restrições de segurança exigem documentação e verificação adicionais antes de serem aceitas como membros. Embora isso possa parecer frustrante, serve a um propósito real, ajudando a proteger os vendedores (e suas marcas) e permite que a empresa tenha tempo para neutralizar os vendedores que tentam manipular suas próprias classificações, abrir várias contas ou vender produtos falsificados.

Ao configurar sua conta, algumas informações serão solicitadas:

  • Nome da conta – esta é a empresa que você deseja usar para sua conta de vendedor da Amazon. Além disso, você precisará fornecer o endereço completo, o email de contato e o número de telefone da empresa, além de detalhes importantes, como a estrutura da empresa, onde está registrada e informações fiscais, como você adicionaria a um declaração de imposto.

 

  • Detalhes da verificação – essas informações são usadas para verificar a identidade do titular da conta ou empresa e incluem adicionar qualquer ID aplicável, bem como seu país de emissão, sua data de nascimento e imagens de alta qualidade da identificação que você está usando para registrar sua conta.

 

  • Informação de pagamento – aqui você precisará registrar um cartão de crédito ou débito, do qual a Amazon deduzirá sua cobrança mensal da conta e também adicionar detalhes da conta para depositar seus lucros da conta do Amazon Seller a cada quinzena.

2. Inscreva-se no Amazon Brand Registry

A Amazon tem levado as infracções contra marcas extremamente a sério nos últimos anos, incluindo a criação do Amazon Brand Registry, projetado especificamente para solucionar esse problema.

A adesão ao Registro de Marcas garantirá não apenas o acesso a um conjunto de ferramentas que o ajudarão a proteger sua marca, mas também lhe dará tranqüilidade crucial ao vender produtos na plataforma.

Após o registro, você pode usar essas ferramentas de marketing aprimoradas e recursos profissionais para aprimorar ainda mais seu desempenho na Amazon e ajudá-los a remover vendedores que estão violando sua marca registrada. Muitos usuários também aproveitam ao máximo o Brand Analytics, que fornece dados amplos sobre seus clientes.

A parte mais crítica de ingressar no Registro da marca, no entanto, é que isso permite que você comece a desenvolver sua própria loja e ofereça aos compradores uma amostra real da sua marca antes de comprá-los.

Para se inscrever no Registro de Marcas, você deve enviar detalhes de sua marca comercial e existem algumas restrições geográficas para esse aspecto comercial do processo. Você também precisará enviar uma lista dos países onde distribui e fabrica seus produtos, além de imagens do nome da marca e dos produtos que estará vendendo. Leia mais sobre o processo no Repricer Express.

Depois de concluir o aplicativo, a Amazon avaliará as informações que você forneceu e, se for bem-sucedido, você receberá um código de verificação. Depois de enviá-lo de volta à Amazon, você se tornará um membro registrado oficialmente do Amazon Brand Registry.

3. Otimize as páginas do seu produto

Este é um passo importante para garantir o seu sucesso na Amazon e também ajudará a melhorar a aparência geral da sua Amazon Store. É importante garantir que você tenha otimizado as páginas dos produtos, não apenas para você recorrer ao algoritmo da Amazon, mas também para garantir que os clientes tenham todas as informações necessárias para tomar uma decisão de compra.

Saiba como e por quê criar uma loja virtual da Amazon

Criar uma página de produto fantástica deve incluir algumas pesquisas sobre o que seus concorrentes estão fazendo, bem como verificar se suas palavras-chave são eficazes o suficiente para atrair seu público-alvo.

As melhores páginas de produtos começam com o título, que deve usar as palavras-chave mais importantes (de alto valor). No entanto, certifique-se de não sacrificar a legibilidade neste estágio, pois isso pode ser desanimador para os clientes e até ver você ter uma classificação mais baixa pelo algoritmo.

Ao compor os pontos principais da sua lista de produtos, concentre-se nos benefícios do seu produto – e não deixe de explicar as recompensas emocionais sempre que possível. Mais uma vez, use suas palavras-chave com cuidado.

Por fim, verifique se cada lista de produtos inclui imagens de alta qualidade. Se você não tem habilidade com uma câmera, terceirize esta tarefa para garantir que tudo, desde a iluminação até a clareza, seja realizado de acordo com as regras da Amazon e as boas práticas para qualquer portal de compras online. A Amazon também permite que você troque uma de suas fotos por um vídeo; portanto, se você tiver clipes promocionais, seria uma maneira fantástica de usar uma delas.

4. Crie sua loja de marca

Essa parte do processo é sem dúvida a mais divertida para as marcas, pois oferece a chance de ser criativo, ao mesmo tempo em que mostra tudo de bom dos seus produtos! Atuando como um mini site, você deve ver a criação da Amazon Store como semelhante ao desenvolvimento de qualquer outro site de comércio eletrônico.

Decida quantas páginas você deseja incluir na sua Amazon Store. Muitas marcas optam por criar suas páginas focadas em categorias de produtos individuais, o que facilita a navegação dos usuários. Certifique-se de que a aparência do seu site seja compatível com as mensagens de marketing que podem ser encontradas no restante da literatura e na publicidade da sua marca, para manter tudo coeso.

Cada página recebe sua própria imagem de cabeçalho, onde você pode colocar mais texto e imagens. Existem outras maneiras de garantir que sua loja se destaque pelos motivos certos. Usar o vídeo é uma opção popular, pois oferece a chance de contar a história por trás da marca e se conectar aos clientes em um nível mais emocional. No entanto, certifique-se de manter os clipes de vídeo relevantes e curtos – poucos compradores vão querer continuar assistindo a um clipe por mais ou menos 30 segundos.

Para configurar a página inicial da sua loja, navegue até Gerenciar lojas na Central do vendedor, onde você terá acesso às marcas que monitora. Selecione a correta (se estiver gerenciando várias contas) e siga as instruções.

Escolhendo um modelo

A seleção do modelo da sua loja apresenta quatro temas distintos; basta escolher o que você achar que mais refletirá sua marca e produtos. Há também a opção de começar do zero e criar seu próprio modelo, embora isso seja tradicionalmente reservado apenas a vendedores experientes.

Adicionando novas páginas

A construção do restante da sua loja exigirá que você adicione páginas extras, conforme decidido anteriormente no processo. Garanta que a estrutura permaneça fácil de navegar e que os clientes possam encontrar facilmente tudo o que precisam, sem muito barulho ou aborrecimentos.

Adicionando títulos de conteúdo

Depois de organizar a hierarquia de páginas em sua navegação, você poderá começar a adicionar títulos de conteúdo a cada página individual. Como em muitos aspectos do processo da Amazon Store, isso permite que você adicione alguma personalidade e informações adicionais que serão valiosas para o cliente, por meio de imagens, vídeos, produtos que são os mais vendidos e outros elementos que você acha que irão agradar aos seus clientes. público-alvo.

Enviar para revisão

Quando você concluir suas páginas, envie-as para revisão pela Amazon. Verifique se há erros gramaticais ou factuais no texto e se você usou marca consistente em todas as suas páginas. Isso permitirá que os usuários passem por uma jornada consistente do cliente e aumenta a probabilidade de comprar com você.

Existem custos ocultos?

Se você já se registrou como vendedor na Amazon, não há custos adicionais para abrir uma Amazon Store. No entanto, as recompensas, tanto na reputação da sua marca quanto financeiramente, podem ser tremendas.

 

Este artigo foi útil para você? Se sim, compartilhe nas redes sociais com seus amigos.

 

Por: Onésimo Piloro”