É ruim dormir perto do celular?

É ruim dormir perto do celular?

A tecnologia invade-nos a cada dia, e cada vez mais as pessoas utilizam o telemóvel para tudo: para tirar fotos, para pesquisar informações e, também, para acordar de manhã. o uso do telefone celular como despertador é um dos motivos mais frequentes que as pessoas dormem com o telefone na mesinha de cabeceira ou mesmo debaixo da cabeça, mas essa prática é saudável? A verdade é que esses dispositivos tecnológicos emitir radiação prejudiciais à saúde, algo que fez a OMS alertar que seu uso pode levar ao câncer. Neste artigo, vamos revelar a você se é ruim dormir perto do seu celular, indicando como isso pode afetar seu ciclo de vida e a melhor maneira de conviver com a tecnologia.

É ruim dormir perto do celular?

Radiação móvel

Para entender como o telefone celular afeta nosso corpo, a primeira coisa que devemos saber é que nossos órgãos funcionam graças a impulsos elétricos e que, ao nos expormos à radiação (natural ou artificial), nosso ritmo pode alterar e modificar nosso ciclo de vida. A radiação no ambiente não é visível aos nossos sentidos, mas o que não a vemos não significa que não esteja, cada vez mais a radiação coexiste connosco, seja através de wi-fi, do uso de telemóveis, tablets, etc.

Quando falamos em radiação natural que pode nos afetar, nos referimos a diversos acidentes que ocorrem devido à atividade geofísica da Terra, como o surgimento de lençóis freáticos, por exemplo. Os artificiais são todos aqueles que existem porque foram criados pelo homem e, entre eles, se destacam as conexões wi-fi, a iluminação urbana, os telefones celulares, etc. Todo esse tipo de radiação afeta nosso corpo e pode modificá-lo.

Muitas pessoas dormem com o celular deles ao lado da cama sem saber os riscos a que se expõem com aquele simples gesto. A radiação emitida por esses aparelhos elétricos altera nosso sistema de autorregulação de alguns processos naturais, como os ritmos biológicos. Na verdade, o WHO (Organização Mundial da Saúde) realizou um estudo com um diagnóstico altamente preocupante: dispositivos eletrônicos fazem mal à saúde e podem aumenta as chances de sofrer de câncer.

Então, quando confrontado com a questão de saber se é ruim dormir perto do celular, a resposta é clara e enérgica: SIM é terrível. Além disso, o telefone não deve ser carregado à noite se tivermos o hábito de colocá-lo sob o travesseiro; a razão é muito simples: pode queimar nossa pele devido à sobrecarga. As almofadas não são preparadas para este tipo de utilização e o material com que são feitas é altamente inflamável, por isso tome muito cuidado!

Como a radiação nos afeta

A radiação que sai de nossos dispositivos móveis não só afeta nosso ritmo biológico ou pode aumentar as chances de câncer, mas também altera nosso dia a dia e podemos sentir diferentes consequências por termos dormido ao lado do celular. Na verdade, existem muitos estudos que determinam que esse mau hábito pode causar insônia e / ou dores de cabeça. Uma das características dos celulares é que eles possuem telas brilhantes e, justamente, esse fato afeta nosso hormônio que regula o sono (a melatonina) reduzindo sua produção e dificultando muito o adormecimento.

O celular na mesinha de cabeceira também altera nosso sistema nervoso tornando-nos mais alertas à noite e, portanto, reduzindo a fase REM do sono. Notificações de vibração ou luz podem levar ao que é chamado “Insônia tecnológica”, ou seja, não terminar de descansar adequadamente ou acordar à noite para verificar seu celular.

Além disso, se antes de dormir consultamos o telefone, o que estamos fazendo é excitar nosso cérebro, algo totalmente desencorajado se o que queremos é descansar e dormir profundamente. Tudo isso, a longo prazo, pode ter consequências negativas para a nossa saúde, como falta de concentração, estresse, irascibilidadeetc.

Uma investigação realizada na Austrália também concluiu que o uso de telefones celulares pode afetar a produção de esperma nos homens e até mesmo afetar esterilidade. Esse aspecto refere-se, sobretudo, a quando o móbile é colocado no bolso da calça, prática bastante difundida entre os homens.

Como agir com o celular

Então, o que fazemos com o celular à noite? A melhor coisa é que desligamos. Desligar, não só o telefone, mas todos os aparelhos elétricos da casa é a melhor coisa que podemos fazer para reduzir a radiação em nossa casa e poder descansar profundamente. Embora não estejamos usando esses dispositivos, eles ainda usam radiofrequências e bases de rádio que permanecem no meio ambiente e nos prejudicam por estarem constantemente emitindo ondas eletromagnéticas para o meio ambiente.

Se você não quiser desligar o celular, deve ser pelo menos 1 metro de distância do nosso corpo e, sempre que possível, tente desative os dados ou o Wifi para reduzir as radiofrequências emitidas. Para evitar a insônia ou interromper as fases do sono, também é recomendável desligar o som.

Além de usar o telefone à noite, existem outras recomendações que você pode seguir no dia a dia e, assim, fazer com que isso o afete o menos possível; aqui está uma lista de melhores práticas com telefones celulares:

  • Chamadas curtas: é melhor fazer ligações curtas e, se demorar mais, é recomendável trocar de orelha para não sobrecarregar apenas um lado do corpo.
  • Mãos livres: sempre que puder, opte por receber chamadas em modo mãos-livres, evitando assim o contacto direto do telemóvel com a sua cabeça.
  • Sempre com cobertura: caso você esteja em uma área com pouca cobertura, não force a chamada e espere estar em outro local, pois o aparelho emitirá sinais mais potentes para poder captar o sinal e afetarão você diretamente.
  • Em bolsas ou bolsas: nunca carregue o celular junto ao corpo, nem no bolso, nem no bolso da camisa, é melhor estar fora de você em uma bolsa ou alça de ombro.

Mas além do celular, é importante que à noite você também desligue outros aparelhos elétricos que também emitem radiação: televisores, computadores, microondas, etc. Da mesma forma, é recomendável que você desconecte o roteador antes de dormir para evitar ser impregnado de suas ondas.

É ruim dormir perto do celular?