Nos últimos meses tem sido, temos vivido num “loop” no que se refere ao aumento do  preço do barril de petróleo. Não é novidade para ninguém o aumento semanal a nível internacional, deste produto essencial para o nosso dia a dia.

Tem sido um constante pesadelo para a população do mundo inteiro, as subidas excessivas e uma depreciação que tem acontecido quase de forma insignificante. Mas ao que parece, a maré vai mudar, nos próximos dias.

Hoje, dia 16 de junho de 2022, quinta-feira, o Barril de Petróleo sê comercializado a $115 por barril, ou seja, um valor muito abaixo dos $122 que motivaram o aumento de 13 cêntimos, por cada litro de Gasóleo, na passada segunda-feira dia 13 de junho.

O preço do Petróleo cai! Isso significa queda no preço dos combustíveis?Finalmente o preço do Petróleo cai! isso significa queda no preço dos combustíveis?

Primeiro vamos recordar o que levou o mundo a esta situação; o aumento como todo mundo já sabe, foi motivado principalmente pelas preocupações que uma guerra envolvendo a Rússia gerou no mercado.

Diante das sanções económicas impostas ao país devido ao conflito com a Ucrânia, surgiu o risco da oferta de combustíveis para outros países do Ocidente diminuir — ou até mesmo ser interrupta.

Nesse caso, a lei da oferta e da demanda impacta diretamente o preço da “commodity”. Em outras palavras, se a oferta cai por algum motivo e a demanda não se altera ou aumenta, os preços sobem.

Além disso, o preço do petróleo já subia mesmo antes da invasão da Ucrânia. A oferta mundial do produto já não era suficiente para a demanda global, que passa por uma retomada económica após a pior fase da pandemia do coronavírus.

Mas agora, depois de tanta confusão como petróleo desceu?

Vamos analisar o gráfico para entender como isto aconteceu.

O preço do Petróleo cai! Isso significa queda no preço dos combustíveis?

Observando gráfico da para perceber que o barril de crude encontra-se agora orçado nos $115,82, isto é, arredondando temos $6 a menos, que o último preço. No entanto, apesar desta queda, segundo as notícias de mercado recentes, a subida do Gasóleo continuara a acontecer, mas, em contrapartida, a gasolina deve baixar 2 cêntimos.