Jejum intermitente para iniciantes

Jejum intermitente para iniciantes

No artigo de hoje vai saber de Jejum intermitente para iniciantes,  no nosso guia completo.

O jejum intermitente parece a última dieta da moda. No entanto, não é usado apenas para perda de peso, mas pode ser considerado uma estratégia nutricional com benefícios para a saúde.

Na verdade, para perda de peso, a dieta baseada em jejum intermitente não difere muito do que é alcançado com qualquer outro protocolo de restrição calórica.

Se você pular refeições e criar um déficit calórico, perderá peso. A menos que você compense os períodos de jejum com alimentos ricos em gordura e açúcar. Pode acontecer: esse tipo de padrão alimentar não diz necessariamente quais alimentos você pode ou não comer.

Alguns estudos descobriram que o jejum intermitente (se feito da maneira correta) pode ser eficaz na prevenção do diabetes tipo 2 e no corte de calorias.

Além disso, o corpo aprende a processar melhor e com mais eficiência os alimentos consumidos durante o período de alimentação.

Outros estudos descobriram que uma combinação do método 16/8 e treinamento de força (peso e peso) pode reduzir mais gordura do que o treinamento de força sozinho.

No entanto, nenhuma evidência de ganho muscular foi observada nos indivíduos do estudo.

Jejum intermitente para iniciantes

Jejum intermitente para iniciantes
Jejum intermitente para iniciantes

Jejum intermitente para iniciantes: O jejum intermitente  é um padrão alimentar que circula entre os períodos de jejum e alimentação. Atualmente é muito popular na comunidade de saúde e fitness.

Existem vários métodos de jejum intermitente. Os mais populares são:

  • O método 16/8:  é conhecido como método “Leangains”. Com ele você pode comer por 8 horas e tem que jejuar por 16. Simplificando, o período normal de jejum inclui sono e mais algumas horas. Você pode pular o café da manhã, por exemplo, e fazer sua primeira refeição ao meio-dia e continuar comendo até as 8.
  • Dieta 5: 2:  A ideia é que, durante dois dias por semana, você reduza a ingestão de calorias para um máximo de 500-600 calorias por dia. Os dias não precisam ser consecutivos. Nos outros cinco dias você pode comer o que quiser.
  • Coma, pare, coma:  este tipo de jejum intermitente alterna os dias de jejum com os dias de alimentação. Você come o que quiser por 24 horas e depois faz uma pausa total para comer no dia seguinte. Você deve repetir esse padrão uma ou duas vezes por semana. Bebidas sem calorias (como café preto, chá sem açúcar, etc.) são permitidas.

Jejum intermitente: benefícios

Fazendo naturalmente durante a noite, sem perceber, já aproveitamos seus benefícios , afirma Cristina Romagosa, assessora de saúde e nutricionista do mediQuo medical chat . E entre eles, o jejum intermitente foi mostrado para :

  • Tem sido associada a taxas mais baixas de doença arterial coronariana e diabetes tipo 2.
  • Pode ajudar a melhorar a sensibilidade à insulina.
  • Foi observado que melhora a pressão arterial.
  • Também ajuda a reduzir a gordura, especialmente em pessoas obesas. E também nas pessoas que treinam força.
  • Pode contribuir para uma microbiota intestinal mais saudável.
  • Ajuda a combater o estresse oxidativo.

JEJUM INTERMITENTE: 8 DICAS PARA COMEÇAR

Se você deseja experimentar o jejum intermitente, deve manter as seguintes dicas em mente:

  1. Não exagere nas proporções da comida depois de jejuar.
  2. Não se trata de open bar após o jejum: adote hábitos alimentares adequados, seguindo uma alimentação saudável e balanceada. Para fazer isso, é melhor seguir o mantra “Coma comida de verdade!” e evitar o processado. Opte por alimentos ricos em fibras (frutas, vegetais, legumes, cereais integrais), proteínas de qualidade (peixe, soja, ovos, legumes) e gorduras boas (óleos vegetais, nozes, sementes, abacate). 
  3. Beba muita água ou infusões sem açúcar. 
  4. Tenha paciência. Você pode achar difícil se acostumar com o jejum dessa maneira, mas pode beber cafés ou chás sem açúcar quando sentir fome.
  5. Faça treinamento de força regularmente e certifique-se de comer proteína suficiente para não perder massa muscular.
  6. Lembre-se de que a refeição mais substancial deve ser feita após os treinos.
  7. O descanso é muito importante! A falta de sono pode causar ganho de peso. Aproveite o tempo que merece descansar🙂
  8. O jejum intermitente não é adequado para todos. Antes de começar, é aconselhável consultar um médico ou nutricionista.