Maca peruana para que serve

No artigo de hoje vais saber Maca peruana para que serve, no nosso guia completo.

Maca é uma planta herbácea nativa dos Andes do Peru e da Bolívia, onde é cultivada tanto por suas qualidades nutricionais quanto por sua reputação de que suas raízes têm propriedades que  aumentam a fertilidade e melhoram a libido.

 

A maca andina se assemelha muito ao formato de um rabanete, mas é um pouco maior em tamanho. A raiz tem de três a seis centímetros de largura e 4,7 centímetros de comprimento.

Os benefícios da maca para a saúde são conhecidos desde tempos imemoriais, mesmo antes da chegada dos espanhóis ao Peru. Os indígenas usavam a maca não apenas como  afrodisíaco, mas também como uma erva poderosa para  curar muitas doenças.

É bom para a menopausa , reduzindo assim os afrontamentos . Também a maca é conhecida por suas propriedades energéticas. Essas substâncias transportam mais oxigênio para o corpo e evitam a baixa pressão. Porém, a maca também, graças aos alcalóides, estimula as células defensivas, prevenindo tumores ou câncer.

Maca peruana para que serve

Maca peruana para que serve
Maca peruana para que serve

Maca peruana para que serve? Entre os benefícios para a saúde da maca andina estão:

– Aumenta a força e a libido, a  resistência, o rendimento atlético e a sensação de bem-estar geral.

– Regula e aumenta a função do sistema endócrino, as glândulas que produzem hormônios necessários para funções corporais e metabólicas essenciais, como fertilidade, função sexual, digestão, fisiologia do cérebro e sistema nervoso e níveis de energia. 

Os hormônios regulam muitas coisas, incluindo humor, crescimento, desenvolvimento sexual e função dos tecidos. Os hormônios também desempenham um papel em muitas doenças, como câncer e depressão.

– Sono mais profundo 

– Melhora a memória e a função cerebral 

– Retarda o processo de envelhecimento

 

Para obter os melhores resultados, é aconselhável consumir  entre 1 e 3 colheres de sopa de pó de maca por dia Se você tomar diariamente, é melhor liberar um dia por semana. Você pode consumir sozinho com água ou misturando com legumes, sopas ou caldos.