Embora não  faça muito, tempo que o chip M2 da tenha sido anunciado, a apple já trabalha no chip M3 que, já se encontra em testes, segundo artigo de Mark Gurman, do bloomberg. Lembrar que o M2 conta com mais de 20 bilhões de transístores e foi construído no processo de 5nm da TSMC.

Infelizmente, o relatório de Gurman não traz outros detalhes sobre o que a Apple incluirá no M3. Entretanto, as expectativas são altas, espera-se ver algo, robusto e superavançado, para um sistema de desktop Apple iMac de próxima geração.

Expectativas para o M3

Primeiro vamos falar do Chip M1, que é sem dúvidas o chip para computação pessoal mais poderoso.

As especificações do Apple M1 Ultra impressionam: o componente é equipado com uma CPU de 20 núcleos, sendo 16 de alta performance e 4 de baixo consumo, acompanhada de GPU de 64 núcleos e Neural Engine para Inteligência Artificial de 32 núcleos.

CHIP M1

  • Núcleos da CPU: 8.
  • Núcleos de desempenho: 4.
  • Núcleos de eficiência: 4.
  • Núcleos da GPU: 7 ou 8.
  • Núcleos Neural Engine: 16.
  • Memória RAM suportada: 16 GB.
  • Dispositivos disponíveis: MacBook Air, iPad Pro (5ª geração), iMac 24 (2021), Mac Mini, iPad Air (2022)

E chip temos Chip M2, o novo processador da companhia, lançado este mês.

Feito em processo de 5 nanômetros, o chip entrega 18% mais poder de processamento e até 25% mais desempenho de GPU que o M1. O design inclui 20 bilhões de transistores e 100 GB/s de largura de banda, marcando um salto de 50% em relação ao seu antecessor.

Apple M2

As especificações do Apple M2 também incluem 8 núcleos de processamento e até 10 núcleos de placa de vídeo. O chip também suporta até 24 GB de memória RAM no padrão LPDDR5.

 o Apple M2 promete vem com até 2,3 vezes mais potência de GPU que um notebook Galaxy Book2 360 com menos gasto de energia. Além disso, o chip supera notebooks com CPUs de 12 núcleos, como o Intel Core i7-1260P, usando um quarto do poder.

Apple

A Apple também equipou sua nova plataforma com uma rede neural de 16 núcleos 40% mais poderosa, capaz de realizar até 15,8 trilhões de operações por segundo. Outras características do componente incluem suporte para telas externas com resolução de até 6K e codificação de vídeo ProRes.

Só estes dois processadores, estão no topo da linha, então apesar de pouca informação, espera-se que o M3, vendo nos mostrar funcionalidades de ficção cientifica.

O Bloomberg aponta, que, possivelmente, o chip M3 da Apple não seria lançado antes do final do próximo ano.