O que fazer se o bebê tiver eczema, como posso ajudá-lo?

O que fazer se o bebê tiver eczema, como posso ajudá-lo?
.

Sob o termo “eczema” abrangemos uma série de doenças da pele, caracterizadas por vermelhidão ou irritação da pele, além do aparecimento de espinhas ou bolhas que estão cheias de líquido. A forma mais comum é chamada de dermatite atópica e é comum em bebês.

Publicidade

Crianças que desenvolvem eczema têm histórico familiar de asma, febre do feno e outras alergias. Os especialistas afirmam que os bebês herdam traços genéticos de seus pais que os tornam suscetíveis e propensos a esse distúrbio.

O que posso fazer se meu filho tiver eczema?

  • Não devemos tentar aplicar produtos caseiros, o importante é consultar o pediatra ou dermatologista.
  • Devemos evitar banhos quentes com muita freqüência, para que a pele não resseque.
  • Use sabonetes neutros (sem fragrâncias ou produtos químicos externos).
  • Consulte o pediatra se podemos aplicar o gel de banho à base de aveia para aliviar a coceira na pele do bebê.
  • Seque sutilmente, sem esfregar com muita força com a toalha.
  • Vamos evitar tecidos irritantes como lã, fibras sintéticas ou materiais vastos.
  • Vamos usar algodão de preferência.
  • Com uma toalha de algodão umedecida, aplique compressas de água fria nas áreas irritadas para refrescar.
  • Lime as unhas para não romper a pele ao coçar.
  • No caso de você coçar à noite, podemos colocar luvas finas e confortáveis ​​na hora de dormir.
  • O calor reativa o eczema, vamos ficar de olho no clima.
  • Vamos eliminar todos os alérgenos conhecidos, como certos alimentos, poeira ou pelos de animais.
  • Vamos fazer nosso filho beber bastante água, para que sua pele fique bem hidratada.

O eczema ocorre na infância, especialistas apontam que 65% das crianças desenvolvem sintomas no primeiro ano de vida e em 90% dos pacientes as manifestações aparecem antes dos 5 anos de idade.

A erupção aparece como pele espessa, seca e escamosa, mas também traz consigo espinhas ou bolhas que se enchem de líquidos e podem infeccionar se forem arranhadas e quebradas.

Tópicos: cuidados com o bebê, higiene infantil, pele do bebê, paternidade