O que um homem gosta de ouvir da amante

No artigo vais descobrir O que um homem gosta de ouvir da amante, no nosso guia completo.

Os homens também gostam de ser valorizados e notados. O que um homem gosta de ouvir da amante? Verbalizar que seu homem está bonito lhe dará uma ótima sensação. Nada torna mais significativo ouvir isso do que da senhora que ele ama. A apreciação e o respeito devem estar muito presentes.

Publicidade

Quando você diz ao seu homem que é ele quem o faz mais feliz, isso o fará se sentir querido, respeitado e amado. Faça com que ele perceba que você sabe que tudo o que ele faz por você é para te deixar feliz.

Agradeça sempre a ele pelos pequenos esforços que ele faz para atendê-la, mas vá além disso. Deixe-o saber que você aprecia sua mera existência, quem ele é como pessoa. Dê-lhe um grande abraço ou beijo assim que o vir. No final do dia, dizer francamente “Eu te agradeço” pode ter um efeito profundo.

Se você o criticar constantemente, ele nunca conseguirá relaxar. Ele pode tentar mudar por você, mas se sentirá péssimo consigo mesmo. Sempre haverá ressentimento sob a superfície. Se você sempre sente necessidade de mudá-lo, provavelmente não está com a pessoa certa.

Publicidade

Sempre que observar uma maneira como seu homem contribui para sua vida, diga a ele. Ele pode estar fazendo isso distraidamente, ou pode nem mesmo perceber que você notou. Dar-lhe crédito pela maneira como ele enriquece sua vida será benéfico para vocês dois.

O que um homem gosta de ouvir da amante

Rascunho automático
O que um homem gosta de ouvir da amante

1. Atitude erótica

Desenvolver uma atitude erótica é a chave para se tornar um amante que deixa seu parceiro ‘louco’ de prazer na intimidade.

Essa atitude é uma disposição para o prazer, para a fruição, tanto individual quanto compartilhada, uma vez que o erotismo é algo que pode ser vivenciado de diferentes maneiras.

Assumir uma atitude erótica permite-nos compreender que a sexualidade não se desfruta apenas com a penetração ou sexo oral, mas também com o contacto pele a pele, com a participação dos cinco sentidos, com criatividade.
Para desfrutar e fazer você desfrutar, você deve ter uma mente aberta, para explorar muito além do genital; a mulher deve se conhecer melhor
e a seu companheiro.

Publicidade

2. Autoestima e autoconhecimento

Para ser uma deusa apaixonada na cama, ame seu corpo, valorize-o. Não tenha vergonha de ser gordinha, celulite ou porque não tem o corpo perfeito. A maioria das pessoas no mundo não tem corpos perfeitos e muitos gostam ou aproveitam isso. A mulher deve entender que, em geral, o homem não é um promotor que fica olhando o tempo todo para os defeitos que ela tem. 

Publicidade

Olham para o que gostam: a nudez, vê-la mexer o corpo, como brincam com ele, com os cabelos, a alegria dela quando está com ele. Isso é, no fundo, o que eles valorizam e gostam, não tanto de um corpo perfeito. Essa é a primeira arma: capacitação, confiança em seu corpo, em você mesmo.

A mulher deve saber como seu corpo funciona, quais são suas zonas erógenas, como estimulá-las. Bem como quais são seus melhores atributos para destacá-los. Se ela sabe que tem pernas boas, seios bonitos, curvas pronunciadas, deve usar vestidos, roupas íntimas ou trajes sensuais que destaquem as partes que ela gosta ou que seu parceiro ama.

3. Conheça seu parceiro

Mesmo que ache que sabe muito sobre os gostos do seu parceiro na intimidade, não perca a curiosidade, a capacidade de explorar, porque ele pode gostar de algo diferente do que já está habituado. E deixe-se explorar também. Ele pode ajudá-lo a descobrir algo que você nem sabia que ama.

Detalhe o que seu parceiro mais gosta e para isso há uma série de táticas, truques, jogos que você pode aprender participando de palestras com profissionais especializados, assistindo filmes, lendo …

É um jogo de conhecimento mútuo, comunicação corporal
e o resto. É importante, portanto, aprender a desenvolver essa capacidade de propor e fazer coisas diferentes.

Publicidade

4. Recupere sua privacidade

Muitos casais compartilham o quarto e a cama, mas não a privacidade, porque eles não se conectam. Quando os filhos dormem, um prefere assistir Netflix e o outro assistir as redes em seu Tablet. 

Intimidade é desligar-se do trabalho, do celular, dos problemas. É conversar, divertir-se junto, sentir que o casal dá segurança, gera tranquilidade, é resgatar o tempo, o espaço, a vontade de estar junto.
A mulher não deve esperar que ele seja sempre o único a iniciar a intimidade. Seduza o seu parceiro, provoque-o com os olhos, aproxime-se dele sensualmente, atraia-o com a sua linguagem corporal.

Ela deve deixar claro o que gosta e o que deseja. Se você não gosta que ele te beije atrás da orelha, pare de fazer uma cara de nojo e silenciosamente resigne-se. Os anos podem passar e ele nunca perceberá que não gosta desse comportamento. Diga isso com gentileza e amor. 

Se você não gosta de vê-lo com muitos pelos pubianos, pode convencê-lo a removê-los com este argumento: a pesquisa de um sexólogo descobriu que um homem que raspa completamente os pelos pubianos, seu pênis parece dois centímetros maior! Eles também devem conversar sobre se gostam de linguagem forte durante a intimidade. Isso faz parte da comunicação sexual básica.

5. Fantasias

Uma fantasia é uma imagem mental de algo que você gostaria de fazer ou fez e, ao evocá-la, acende seu desejo.

Publicidade

Na sua fantasia você pode estar com quem quiser, onde quiser, quando quiser e são cenários para ter variações, fazer coisas diferentes e chegar à ação.

As fantasias provocam o desejo de uma pessoa. E quando as mulheres não têm vontade de fazer sexo (o que acontece mais nas mulheres do que nos homens), elas podem usá-los.

Crie suas fantasias ou lembre-se de cenas que foram emocionantes para você. Reserve cinco, dez minutos para fantasiar em um lugar tranquilo, quando estiver relaxado e depois perceberá como deseja se entregar ao seu parceiro em frenesi.

6. Evite repelentes sexuais

Cuidado com os estímulos negativos que fazem você perder o desejo sexual: cheiros ruins nas axilas, pés, áreas íntimas; alitose; roupas usadas, comportamentos desajeitados ou rotineiros …

7. Explore seu mapa erótico

No plano erótico masculino, o visual possui uma hierarquia extremamente importante. O homem fica mais visual e é ativado em questão de segundos observando não só o corpo, mas também seus movimentos. É bom que ela mostre que gosta do corpo do parceiro e que sabe mover o próprio corpo para seduzir o homem a partir do visual.

Publicidade

Do ponto de vista visual, os homens são muito fetichistas, por isso alguns gostam de sua esposa se enfeitar, usar certas roupas de couro, peles, certos vestidos; saltos muito altos.

Você também deve conhecer as zonas erógenas específicas de seu parceiro. Geralmente o homem é muito mais genital do que a mulher, por isso para ele as carícias na sua zona íntima e o sexo oral são muito importantes. Você também pode usar alguns complementos para otimizar a sensação genital, como lubrificantes de calor, frio ou coceira, que funcionam muito bem para isso.

Não se deve esquecer que os homens podem ter sensações fortes em outras partes do corpo, como nas orelhas, pescoço, mamilos, períneo, no esfíncter anal (embora nem todos os homens sejam encorajados a explorar esta última área).

É bom explorar seu corpo por meio de carícias, beijos, mordidas; com a vibração de um pequeno vibrador em diferentes áreas, para traçar o seu mapa erótico, saber o que é que mais pode causar uma ativação, um nível de prazer.

8. Exercício para erotismo

É bom que fiquem desinibidos e sejam instruídos nas técnicas de respiração consciente para saber relaxar e potencializar as sensações, mesmo naquelas que ajudam a variar as posições na privacidade e até mesmo a ter orgasmos mais intensos.

Publicidade

Os exercícios de Kegel são recomendados, por exemplo, para melhorar a vida sexual e evitar complicações do chamado assoalho pélvico.

Esses são exercícios que homens e mulheres podem fazer para fortalecer os músculos pubococcígeos (PC). Esses músculos estão localizados na área entre o ânus e os órgãos genitais. Uma mulher sustenta o útero, a bexiga e o reto.

O exercício desses músculos ajuda a mulher a ter maior controle sobre a região pélvica, manter as paredes vaginais tonificadas, estimular a resposta orgástica e aumentar a sensibilidade do homem ao contrair os músculos durante a penetração vaginal. Ao homem, para um maior controle do reflexo ejaculatório.

Também são recomendados para dominar a técnica do pompoarismo, para controlar os músculos perivaginais. Isso pode ser usado para estimular o membro viril da base até a ponta, e também realizar uma espécie de massagem na área íntima. É isso que as gueixas fazem no Japão, uma técnica que gera sensações muito particulares nos homens e que muito poucas mulheres ocidentais usam.

9. Técnicas de beijo

O beijo é a parcela inicial de um ato sexual. Com ele mostra onde quer levar o encontro íntimo.

Publicidade

Não comece com um beijo procurando a língua, não. O melhor é que os beijos vão de menos para maior intensidade, que vão aumentando aos poucos. Comece, por exemplo, escovando levemente os lábios (beijo nominal). Ou com o beijo latejante: use o lábio inferior para roçar no de seu parceiro. Ou o beijo de contato: passar a ponta da língua nos lábios do outro. São beijos sutis para aquecer. 

Em seguida, passe para os beijos intermediários, por exemplo, com mordidas nos lábios ou com chupadas no lábio superior ou inferior. Depois, dê beijos intensos como o ‘beijo giratório’, em que as cabeças se movem em direções opostas. Ou o do ‘combate de línguas’, onde estes são os principais protagonistas da cena.

O beijo deve ser criativo, envolvendo diversas ações como acariciar, chupar, lamber, morder, chupar, soprar, ações que juntas geram muito prazer. Que são variados, que surpreendem.

10. Jogue e divirta-se

Não deixe de visitar sex shops e butiques regularmente para se manter atualizado sobre brinquedos sexuais e recursos eróticos. Você pode trazer brinquedos não apenas para sua satisfação sexual, mas também para seu parceiro. 

Existem brinquedos para seu prazer, masturbadores de diferentes texturas que vibram ou sugam; em várias formas, tamanhos, que proporcionam muitas sensações. Existem alguns que podem ser controlados por conexão via bluetooth. A tecnologia dá ao casal muitas opções que eles não tinham antes. Portanto, hoje pode ser seu aliado.

Publicidade