Óleo de andiroba para que serve

No artigo de hoje vais ficar a saber mais sobre o Óleo de andiroba para que serve, no nosso guia completo.

O óleo de andiroba é conhecido na Amazônia por suas propriedades antiinflamatórias, anti- sépticas , lipolíticas e cicatrizantes. Ele aquece a pele e os músculos ao repousar as contrações nervosas e musculares, bem como dores nas articulações e vertebrais, hematomas, reumatismo, entorses, osteoartrite, lumbago e ciática.

Não apenas para os povos indígenas e comunidades locais, mas também para o resto do mundo. É fascinante descobrir como cada planta, semente e fruto podem ter um efeito benéfico e curativo. 

Os óleos amazônicos são muitos. Quase todos eles muito poderosos , entre eles destacamos o óleo de andiroba , extraído do fruto da árvore Carapa Guaianensis ; É um óleo com propriedades medicinais anti-inflamatórias, anti-sépticas e cicatrizantes .

 

Muito utilizado em produtos cosméticos , devido à sua capacidade nutricional, é fonte de vitaminas e também pode ser muito benéfico para os músculos, cabelos e pele.

Óleo de andiroba para que serve

Óleo de andiroba para que serve
Óleo de andiroba para que serve

O óleo de andiroba tem as seguintes propriedades: emulsificante, analgésico, antiinflamatório (dores musculares e vertebrais, entorses, contusões, reumatismo, etc.), cicatrizante, melhora a elasticidade da pele e ajuda a eliminar a gordura localizada ( celulite ). 

É usado em lesões de pele como eczema, psoríase e micose, e também para dar brilho e flexibilidade aos cabelos .

Listamos os principais usos deste poderoso Óleo de andiroba para que serve:

Massagens

Seu uso é comumente recomendado para massagens descontrativas , auxiliando no alívio de dores musculares e articulares

Atua como um analgésico natural, muito eficaz quando se trata de hematomas, inchaços, hematomas e rigidez. Também é anti-reumático, melhorando a circulação e o inchaço.

Repelente natural

O óleo de andiroba pode ser usado em repelentes e até mesmo aplicado na pele para tratar picadas de insetos . Em algumas regiões da Amazônia, as velas repelentes são produzidas com óleo de andiroba.

Pele e cabelo

Este óleo também pode ser utilizado em hidratantes e xampus , pois suas propriedades emolientes ajudam a melhorar a aparência da pele e dos cabelos.

Na pele, estimula a regeneração e, devido às suas propriedades antiinflamatórias, ameniza os sintomas de doenças cutâneas.

Nos cabelos, reduz o volume do cabelo e dá brilho .

Garganta enflamada

Pode-se diluir 3 gotas do óleo concentrado em 100 ml de água, para gargarejar, auxiliando no tratamento da amigdalite ou dor de garganta, pois possui poderosas propriedades antiinflamatórias. (Não é recomendado o consumo de óleo por via oral, apenas para gargarejos).

Outros usos

O óleo de andiroba é um emoliente maravilhoso, deixando o cabelo e a pele macios. É comumente usado como um óleo de massagem e para acalmar irritações da pele, cuidar de pequenos ferimentos, contusões, inchaços, hematomas , equimoses e edema . É um óleo que confere brilho e flexibilidade aos cabelos, afastando os piolhos, pois contém substâncias repelentes a insetos.

Na verdade, uma vez prensadas, essas sementes fornecem um óleo caracterizado pelo seu amargor, usado inicialmente pelas populações indígenas da Amazônia para cuidar de infecções de pele, inflamações nas articulações e também para afastar insetos.

Muito estudado por cientistas, este óleo revelou a presença de limonóides, compostos responsáveis ​​pelo amargor do óleo mas sobretudo pelas suas numerosas e poderosas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Perfeitamente adequado para pessoas que sofrem de reumatismo e dores nas articulações.

O óleo de andiroba também é famoso por sua ação benéfica em lesões de pele, além de eczema, psoríase e micose. Numerosos estudos revelam uma capacidade de repulsão muito forte de insetos e parasitas como carrapatos, piolhos e mosquitos.