O óleo de mosqueta é um óleo do tipo vegetal muito conhecido por sua ação antioxidante e por ser um grande aliado no combate às manchas – sendo potente até no tratamento de melasma, por exemplo.

Este óleo é obtido a partir de sementes da planta affinis rubiginosa (nome científico) – um arbusto pertencente à família das rosáceas.

Sua origem é européia e, ao ser trazida para a América, se espalhou principalmente pela Cordilheira dos Andes, pois se comporta melhor em climas frios.

Confira como você pode usar este óleo no dia a dia, seus benefícios e outras informações:

Oleo de rosa mosqueta antes e depois virilha

Oleo de rosa mosqueta antes e depois virilha
Oleo de rosa mosqueta antes e depois virilha

o óleo de rosa-mosqueta pode de fato ajudar a clarear a pele – o que inclui a região da virilha. Óleo de rosa-mosqueta antes e depois virilha, É normal que essa região fique mais pigmentada, principalmente com o avançar da idade.

Mas, muitas pessoas estão desconfortáveis ​​e querem melhorar o aspecto e esclarecer essa área.

Para isso, o uso deve ser realizado assim como no rosto: aplique algumas gotas diariamente onde deseja clarear, espalhe bem até a pelar absorva a oleosidade. Após o uso contínuo por um determinado período, você poderá ver os resultados.

Se o problema persistir ou você sentir alguma alteração indesejada na região, interrompa o tratamento com óleo de rosa-mosqueta e procure ajuda de um dermatologista.

O óleo de rosa-mosqueta é rico em ômega 3, 6 e 9, vitamina C, ácidos graxos – nutrientes que garantem suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Isso permite que ele seja usado para as mais diferentes finalidades. Vamos ver alguns exemplos e entender sua ação:

Para o rosto

Muitas pessoas pensam que o uso de óleos na pele serve apenas para uma hidratação profunda e, por isso, devem ser usados ​​apenas por pessoas com pele mais seca. Isso não é verdade.

Naturalmente, os óleos nutrem profundamente a pele e são uma excelente fonte de hidratação. No entanto, quem tem pele oleosa também precisa hidratar o rosto – sempre optando por produtos de absorção mais rápida e textura mais leve.

O óleo de rosa-mosqueta tem uma textura muito fina, por isso pode ser usado por pessoas de qualquer tipo de pele, o que muda é a quantidade utilizada.

Porém, vale ressaltar que o ideal é sempre procurar um(a) dermatologista, a fim de utilizar os produtos certos para o seu caso.

Mas além de hidratar o rosto, muitos óleos também possuem outras ações que contribuem para a boa aparência e saúde da pele. É o caso do óleo de rosa-mosqueta.

Devido às altas concentrações de ácidos graxos, vitamina A e C e sua ação antioxidante e anti-inflamatória, ajuda a:

  • Combate os sinais visíveis de envelhecimento;
  • Dê mais brilho à pele;
  • Pode combater a acne;
  • Pode estimular a produção de colágeno;
  • Protege contra os danos causados ​​pela exposição à luz (solar e artificial).
  • Por isso, é uma excelente opção para quem quer deixar a pele com aspecto mais jovem, com um tom mais uniforme e saudável.

Para cicatrizes e queloides

O óleo de rosa-mosqueta potencialmente ajuda na regeneração da pele. Assim, é muito indicado para amenizar cicatrizes e queloides.

Considerando que pode ser usado tanto no corpo quanto no rosto, não importa qual seja a área da cicatriz, basta aplicar algumas gotas no local (a quantidade varia de acordo com o tamanho da área) e espalhar até que absorva bem.

O resultado não é imediato, por isso é necessário usá-lo de forma contínua e diária, até que amenize as marcas ou quelóides – pode até desaparecer, como no caso de cicatrizes ou marcas causadas por acne.

Para estrias

Como mencionado, o óleo de rosa-mosqueta atua diretamente na regeneração da derme e, dessa forma, pode ajudar a eliminar ou diminuir marcas e até estrias.

Porém, no caso das estrias, a melhor forma de uso é preventivamente. Ou seja, você pode prevenir seu aparecimento usando diariamente este óleo para hidratar a pele – você pode usá-lo puro ou misturando uma pequena quantidade dele com algum creme.

Essa é uma excelente opção, principalmente para gestantes, já que é muito comum o aparecimento de estrias no quadril ou na barriga durante a gravidez – o que se deve ao inevitável estiramento da pele.

Nesse caso, a aplicação pode ser feita em horários diferentes, mas o ideal é que seja feita diariamente para garantir os efeitos.

No entanto, vale ressaltar que é fundamental conversar previamente com o obstetra, a fim de garantir o uso seguro de qualquer produto. Siga sempre as orientações médicas!

Leia mais: quais são as causas e como tratar as estrias?

Para cabelo

Nos cabelos, o óleo de rosa-mosqueta pode ser usado de forma muito versátil: beneficiando a raiz e o comprimento dos fios.

Quando aplicado diretamente na raiz ou misturado em xampus, o óleo pode ajudar a combater a caspa e a coceira causada por dermatites, seborreia, etc. Isso é possível devido à sua ação antibacteriana e antifúngica.

Já no comprimento dos fios, pode ajudar na hidratação e nutrição profunda, além de repor possíveis danos. O uso pode ser feito misturando o óleo em máscaras de tratamento ou pode ser usado puro para fazer hidratação capilar.

Quais são os benefícios?

É muito raro que algum produto de origem natural não traga benefícios. O óleo de rosa-mosqueta está cheio deles, como vimos, para diferentes formas de uso.

Em geral, devido às suas propriedades, podemos destacar os seguintes benefícios deste poderoso óleo:

  • Pode auxiliar no tratamento de queimaduras – lembrando que o acompanhamento médico é essencial, já que o óleo atua como tratamento complementar neste caso;
  • Suaviza cicatrizes e estrias;
  • Pode ajudar no tratamento de ulcerações (lesões superficiais em tecido cutâneo ou mucoso);
  • Ajuda a prevenir e tratar assaduras;
  • Pode ser um aliado no tratamento da psoríase e de outras doenças de pele – neste caso, é ainda mais imprescindível procurar um médico ou dermatologista;
  • Atenua e disfarça rugas e linhas de expressão;
  • Previne o envelhecimento prematuro da pele.

Lembrando que, em alguns casos, o óleo não pode ser usado sozinho, mesmo que seja de origem natural. Isto é especialmente importante no caso de doenças ou distúrbios, como problemas de pele (psoríase, dermatite, etc.) ou problemas de acne.

Nessas situações, a ajuda de profissionais especializados é essencial.

O óleo de rosa mosqueta clareia a pele?

-Sim . O óleo de rosa mosqueta pode ajudar a clarear manchas, devido aos altos níveis de vitamina A e C presentes em sua fórmula natural.

Esses dois ativos são excelentes para regenerar a derme, além de possuírem propriedades antioxidantes, o que ajuda a clarear manchas de acne, melasma, etc. perceptível com o uso contínuo.

No entanto, é sempre necessário ter a orientação de um(a) dermatologista. Só assim será possível saber a causa das manchas e qual a melhor forma de clarear a pele, fazendo isso com segurança e valorizando a saúde.