Os seis extratos de plantas que retardam o envelhecimento

Se a medicina pudesse encontrar uma maneira de retardar o processo de envelhecimento, esta certamente seria a descoberta médica mais importante de nossa época.

Publicidade

Essa busca pela fonte da juventude remonta aos antigos gregos. Na mitologia, a fonte daria a imortalidade a qualquer um que bebesse sua água.

Agora, um novo estudo publicado na revista Oncotarget pode ter descoberto um fator importante: os extratos de plantas que contêm os seis melhores grupos de moléculas anti-envelhecimento já vistos até agora .

Esta descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade de Concordia, que vasculharam a extensa biblioteca biológica da IDUNN Technologies, conduzindo mais de 10.000 testes para selecionar extratos de plantas que aumentam a vida útil de uma levedura.

De um fermento?

Sim, no nível celular, o envelhecimento dos humanos e da levedura progride de maneira semelhante.

Em ambos, o ritmo é definido por um conjunto distinto de reações químicas dispostas em várias “vias de sinalização” que regulam a taxa de envelhecimento.

Portanto, a levedura é o melhor modelo de célula para entender como ocorre o processo anti-envelhecimento.

Quais são eles

No total, seis novos grupos de moléculas foram encontrados para retardar o envelhecimento cronológico das leveduras, explicou Vladimir Titorenko, autor sênior do estudo e professor do Departamento de Biologia de Concordia.

Publicidade

Eles identificaram que seis extratos de plantas podem retardar o envelhecimento, afetando diferentes vias de sinalização que definem esse ritmo. Esses são:

1- Cimicifuga racemosa, conhecida como cohosh preto

2. officinalis L., conhecido como valeriana

3- Passiflora incarnata L., conhecida como Flor da Paixão

4- Ginkgo biloba, conhecido como folha de ginko

5- Apium graveolens L., conhecido como semente de aipo

6- Salix alba, conhecido como Salgueiro branco .

extratos de plantas

Salix Alba – o salgueiro branco – é o mais potente de todos.

De todas elas, a casca de salgueiro é a mais potente até agora descrita na literatura científica. E já era usado na época de Hipócrates para aliviar dores e febre!

O estudo mostrou que aumenta a vida útil cronológica da levedura, média e máxima, em 475% e 369%, respectivamente .

Isso representa um efeito muito maior do que a rapamicina e a metformina, os dois medicamentos mais conhecidos por seus efeitos anti-envelhecimento.

Caminhos pró e anti-envelhecimento

Titorenko explica que algumas “vias de sinalização” retardam o envelhecimento se ativadas em resposta a certos nutrientes ou hormônios. Esses caminhos são chamados de “anti-envelhecimento” ou “pró-longevidade”.

Outras vias de sinalização aceleram o envelhecimento se ativadas em resposta a outros tipos de nutrientes ou hormônios. Essas vias são chamadas de “pró-envelhecimento” ou “pró-morte” .

Cada um dos seis extratos de plantas tem como alvo diferentes vias de sinalização anti-envelhecimento ou pró-envelhecimento.

O estudo revelou várias características desses seis extratos como ferramentas potenciais para desacelerar sintomas crônicos e doenças da velhice:

– Eles imitam os efeitos de retardo do envelhecimento de dietas com restrição calórica.

– Eles atrasam o envelhecimento da levedura, causando uma resposta ao estresse.

– Eles estendem a longevidade da levedura de forma mais eficiente do que qualquer outro composto químico já descrito para este propósito.

– Eles atrasam o envelhecimento por meio de vias de sinalização que estão implicadas no aparecimento de doenças com o avanço da idade.

– Um deles retarda o envelhecimento por um caminho desconhecido.

– Eles prolongam a longevidade e retardam o aparecimento de doenças relacionadas à velhice em outros organismos além das leveduras.

o Health Canada classifica os seis extratos de plantas como seguros para consumo humano e recomenda cinco deles como suplementos que melhoram a saúde com benefícios clinicamente comprovados.

No entanto, mais pesquisas devem ser feitas. É por isso que a IDUNN Technologies está colaborando com mais quatro universidades em seis programas de pesquisa além de levedura.

Esta descoberta tem implicações importantes não só para retardar o processo de envelhecimento, mas também para prevenir certas doenças associadas a este processo, como o câncer .

Por: Noémia Cambula