A Espinheira Santa, de nome científico Maytenus ilicifolia, é uma planta também popularmente conhecida como espinheira-divina, maiteno, cancorosa, cangorça, espinho-de-deus, dentre outros nomes.

A planta foi batizada com este nome devido à aparência de suas folhas, que contêm espinhos nas margens e pelo fato de ela ser um “santo remédio” que auxilia no tratamento de vários problemas de saúde.

O chá de espinheira santa pode ser consumido após as refeições para ajudar na digestão. Para prepará-lo, ferva três colheres de sopa da erva com 500 ml de água, abafe, coe e tome

As cápsulas de espinheira santa são opções quando o paciente tem intolerância ao cheiro e/ ou gosto da planta. Tome uma ou duas cápsulas de espinheira santa antes das principais refeições.

Para que serve o chá de espinheira santa

A espinheira-santa é uma planta medicinal conhecida no tratamento de gastrite e outros problemas do trato digestivo. Ela tem propriedades antissépticas, cicatrizantes e é ótima para o preparo de chás.

Ações:

Tonificante, antiúlcera, carminativa, cicatrizante, antisséptica, levemente diurética e laxativa, auxiliando também na eliminação de gases intestinais.

Boa contra as úlceras: A espinheira santa conta com taninos que têm poder cicatrizante de lesões ulcerosas no estômago por controlar a produção de ácido clorídrico no órgãos. 

Combate a gastrite: A espinheira santa é boa em casos de gastrite. Este benefício ocorre devido aos taninos presentes na planta que estão relacionados à diminuição da secreção do ácido clorídrico pelas células do estômago e assim atenuam a gastrite. 

Alivia os gases: A espinheira santa tem ação antisséptica, devido à expressiva quantidade de taninos, atuando rapidamente na paralisação das fermentações gastrintestinais e é carminativa, por isso ela é indicada em casos de gases. 

Ação diurética: A espinheira santa tem ação levemente diurética devido à presença de triterpenos, composto bioativo, em sua composição. 

Melhora o trânsito intestinal: A espinheira santa melhora o trânsito intestinal devido à mucilagem presente nesta planta. 

Alivia dores no estômago: Por evitar a secreção de ácido gástrico, a espinheira santa ajuda a aliviar as dores no estômago. 

Previne câncer de pele: Os triterpenos encontrados na espinheira santa possuem propriedades contra o câncer de pele. Vale ressaltar que, caso tenha um tumor, é importante conversar com o seu médico antes de consumir a planta.

Ação cicatrizante: A espinheira santa possui na composição os ácidos tônico e silícico, que possuem a ação antisséptica e cicatrizante. 

Para que serve o chá de espinheira santa

Para que serve o chá de espinheira santa

Recipe by Felito MureneDifficulty: Facil
Servings

1

servings
Prep time

10

minutes
Cooking time

15

minutes
Calories

300

kcal

Ingredients

  • 1 colher (de chá) de folhas secas de espinheira-santa;

  • 1 xícara de água.

Directions

  • Adicionar as folhas de espinheira santa e a água em uma vasilha e ferver por 5 minutos.
  • Desligar o fogo, tampar e deixar repousar por cerca de 15 minutos.
  • Coar e tomar morno, até 3 vezes por dia, em jejum, ou cerca de 30 minutos antes das refeições.

Notes

  • O consumo em excesso de espinheira santa pode provocar náuseas e boca seca, gosto estranho na boca, cefaleia, sonolência, tremor e dor nas articulações das mãos, cistite e poliúria. 
  • A espinheira santa é contraindicada em casos de gravidez ou tratamento da infertilidade feminina por ter um efeito abortivo descrito em pesquisas científicas.
  •  Também é contraindicado durante o período de amamentação, pois pode levar à redução do leite materno. 
  • A espinheira santa também não é recomendada para crianças

Nutrientes da espinheira santa

  • Epigalocatequina, que têm poder cicatrizante de lesões ulcerosas no estômago por controlar a produção de ácido clorídrico no órgão
  • Ácidos tônico e silícico, que possuem a ação antisséptica e cicatrizante.
  • Fridenelol, que tem efeito gastroprotetor
  • Taninos, que possui poder antisséptico por paralisar as fermentações gastrintestinais e analgésicos.