A gravidez é certamente um momento único na vida de uma mulher. Há 9 meses e meio durante os quais ocorrem mudanças em seu corpo enquanto seu bebê cresce e se desenvolve.

 É uma descoberta e tanto durante a primeira gravidez sentir os primeiros chutes , ver seu coração bater no primeiro ultrassom ou finalmente tê-lo em seus braços após o parto.

Publicidade

Uma gravidez é cheia de momentos lindos e cativantes, mas não está isenta de incômodos, além dos típicos também há dificuldades na reta final da gravidez. É quando você se sente cansada, com calor, desajeitada em seus movimentos, ansiosa para conhecer o bebê ou ansiosa pelo momento do parto.

Quando estou grávida consigo encolher a barriga

Quando estou grávida consigo encolher a barriga
Quando estou grávida consigo encolher a barriga

Quando estou grávida consigo encolher a barriga: Sim mas só nas primeiras semanas de gravidez porque, neste estágio inicial da gravidez, a barriga ainda não está esticada o suficiente para impedir que ela encolha.

Coisas que você não pode fazer no final da gravidez 

1- Levante-se do chão. Às vezes eu costumo sentar no chão para brincar com meus filhos. Levantar no final do jogo não parece uma tarefa assustadora, mas quando você tenta com uma barriga de quase 8 meses, as coisas mudam. Você já viu as tartarugas quando estão viradas para cima?

Publicidade

 Pois é algo parecido. Um bom truque é puxar as pernas para dentro e ficar de joelhos para se levantar dessa posição, mesmo que você pareça uma velhinha em vez de uma jovem no auge de suas vidas.

2- Tire as botas ou calce as sandálias. As botas altas estão na moda e com leggings ficam ótimas durante a gravidez. Colocá-los é relativamente fácil, mas… como os tiramos? 

Outro dia tive que pedir ao meu filho mais velho que o ajudasse a puxar o salto da bota porque não tinha jeito. Sem falar em como apertar sandálias simples se for verão, eu suo só de pensar nisso.

3- Corte as unhas dos pés. É um ato de higiene muito comum que geralmente é realizado após o banho. Não requer grandes complicações… a menos que você tenha uma enorme barriga de grávida. É então ao chegar com a tesoura e cortar no local exato se torna uma obra de engenharia.

4- Pinte as unhas dos pés. No final da gravidez não é aconselhável usá-los pintados e, se entrar em trabalho de parto, tem que ir com as unhas das mãos e dos pés sem nenhum tipo de cosmético. No entanto, e até essa altura chegar, porque é que vamos ficar sem mostrar os pés com as unhas perfeitamente pintadas?

Publicidade

 Ok, sim, há outra razão. Pintar as unhas requer precisão e chegar até elas com a coragem no meio e não sair não é uma tarefa fácil. Recorro ao brilho, evitando cores fortes para que pequenos erros com o pincel não sejam tão perceptíveis.

5- Cera. As pernas são mais simples, mas a virilha… que grávida consegue ver a virilha? Não há maneira. 

Existem duas soluções para poder vestir um fato de banho e ir à praia ou à piscina em perfeitas condições: ir a um centro de depilação para que um profissional o faça por si, ou fazê-lo em casa com a ajuda de um centro de depilação estrategicamente colocado espelho.

6- Ande rápido. Se você tem que chegar a tempo a um lugar, é conveniente sair com tempo. À medida que a gravidez progride, as pernas tendem a se separar e você fica com aquele típico andar de ‘papada’, com as pernas afastadas e um movimento de balanço. 

Esse fato, aliado ao fato de que o volume e o peso da barriga estão aumentando, impedem ir rapidamente aos lugares, mesmo que você queira. Você pode tentar… e você não vai conseguir.

7- Durma de uma vez. No meu caso, depois do sétimo mês não tem como pegar. O volume é tanto (minha barriga costuma ficar muito grande na gravidez) que de costas não consigo respirar bem, de lado acabo me cansando e por causa das muitas almofadas entre as pernas e truques que coloco em prática para adquirir uma boa postura;

Após o momento deixa de ser confortável. Sem mencionar todas as visitas noturnas ao banheiro e as regras da bexiga. Impossível dormir a noite toda.