Quantos ovos posso comer por dia

No artigo de hoje vai saber Quantos ovos posso comer por dia, no nosso guia completo.

O ovo possui proteínas de alta qualidade , ou seja, contém aquelas que mais se assemelham às que nosso corpo necessita.

 Além disso, contém todos os aminoácidos essenciais , aqueles que nosso corpo não consegue sintetizar por conta própria e só podem ser adquiridos por meio dos alimentos.

Esse alimento contém quase todas as vitaminas , exceto C, e elas se distribuem de maneira diferente entre a gema e a clara. Também incorpora minerais muito importantes como fósforo, ferro, zinco, selênio e iodo. A energia é fornecida por meio dos lipídios, uma vez que carecem de carboidratos .

 Desse total, cerca de 4 gramas constituem ácidos graxos: 35% saturados e 65% insaturados. Destes, 1,8 gramas são monoinsaturados e o resto é 0,8 gramas poliinsaturados.

Sua composição em antioxidantes também se destaca por meio, por exemplo, de selênio, vitamina E ou carotenóides, devendo ser adicionados ácido fólico e colina, que proporcionam benefícios notáveis.

Quantos ovos posso comer por dia

Quantos ovos posso comer por dia
Quantos ovos posso comer por dia

Quantos ovos posso comer por dia: 1 a 3 ovos por dia, A população saudável pode ficar tranquila consumindo esse numero de ovos.

A gema ou a clara?

Em relação ao que é mais saudável, se a gema ou a clara, indique que o ovo como um todo tem um valor nutricional importante . Portanto, é melhor comê-lo assim.

gema contém a maioria das vitaminas , mas a clara é onde se encontra a maior parte de suas proteínas e da riboflavina (um tipo de vitamina B). 

Assim, a gema é rica em vitaminas A, D, E B6 e B12 , ácido fólico, ácido pantotênico, ferro , zinco, colina e tiamina. 50% é água  e o que resta é distribuído uniformemente entre proteínas e lipídios.

Nela também se encontra a colina, substância importante para a formação e funcionamento normal do cérebro e do sistema nervoso  e, ao mesmo tempo, previne a deterioração cognitiva associada ao envelhecimento. 

Os pigmentos carotenóides que contém e que lhe conferem aquela tonalidade amarelo-alaranjada são antioxidantes importantes. A concentração de luteína, zeaxantina e xantofilas vermelhas determina a pigmentação da gema.

Ao mesmo tempo, deve-se saber que a composição nutricional do ovo pode variar em função das galinhas que os põem, da idade e da dieta que recebem. 

Dependendo do que os pássaros comem, as vitaminas e gorduras solúveis em gordura, a pigmentação da gema e os oligoelementos podem variar .