A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas emitiu um comunicado afirmando que avalia um processo disciplinar contra Will Smith.

A medida é a primeira reação efetiva da Academia contra o ator, que, durante a 94ª cerimônia do Oscar, subiu ao palco e deu um tapa em Chris Rock. Durante o evento, o ator havia sido convidado a se retirar, mas não obedeceu o pedido.

No comunicado, a Academia fala que o comportamento de Smith representa “violações dos Padrões de Conduta da Academia, incluindo contato físico inadequado, comportamento abusivo ou ameaçador e comprometimento da integridade da Academia”.

O ator recebeu um aviso de 15 dias até que uma votação seja feita sobre uma possível ação disciplinar “que pode incluir suspensão, expulsão ou outras sanções permitidas pelos Estatutos e Padrões de Conduta”.

No dia seguinte após o evento, Smith se pronunciou nas redes sociais, pedindo desculpas pelo incidente.

Ele já havia pedido desculpas na mesma noite, quando subiu ao palco novamente para receber a estatueta de Melhor Atuação por seu papel em King Richard: Criando Campeãs. O comunicado da Academia também pede desculpas a Chris Rock e demais convidados do evento, e lamenta pelos acontecimentos da noite.

“As ações de Smith no 94º Oscar foram um evento profundamente chocante e traumático para testemunhar pessoalmente e na televisão. Sr. Rock, pedimos desculpas pelo que você experimentou em nosso palco e agradecemos por sua resiliência naquele momento.

Também pedimos desculpas aos nossos indicados, convidados e espectadores pelo que aconteceu durante o que deveria ter sido um evento comemorativo”.